Namorando no hotel

Funcionários muito atenciosos e prestaveis, quarto limpo e boa comida. Éramos apenas eu e o meu namorado no hotel, mas não nos faltou nada. O hotel disponibilizou-se para organizar o safari e correu tudo bem. Apesar deste local ser um pouco longe da rota normal de viagem, o safari nesta zona valeu muito a pena, conseguimos ver bastante ... Os dois caras são putos e versáteis. Um começa a foder e depois é fodido pelo parceiro. Tudo sem camisinha. In an beautiful location, only 1,000 feet from Geribá Beach in Búzios, this charming hotel features rooms with fine décor, a pool, a hot tub and sauna. Wi-Fi and parking are free. With colorful décor and garden views, rooms at Pousada do Namorado provide air conditioning, TV, telephone and mini-bar. Some also offer a private balcony and a ... Nos últimos dias mais um desses vídeos que mostram um flagrante acabou viralizando no Faceboook, nas imagens vemos um homem que flagra sua esposa saindo supostamente de um motel, segundo informações o vídeo acabou caindo na internet e viralizou rapidamente. Namorando no Hotel Varanda das Bromélias e Josephina em Gramado. Por. Alexandra Aranovich. 04/06/2011 3 Comentários. 0. Fomos passar um fim de semana a dois no hotel Varanda das Bromélias em Gramado. Não era o Dia dos Namorados, mas tinha tudo para ser: frio, chuva, lareira no quarto, vinho e esse hotel boutique espetacular. Até senti uma ... Caso não esteja registado no site do Correio da Manhã, efectue o seu registo gratuito. Para poder adicionar este alerta deverá efectuar login. Caso não esteja registado no site do Correio da Manhã, efectue o seu registo gratuito. 05.10.2015 Mulher masturba-se na praia perto de crianças ... Faça download de Mulher beijando homem na cama. O tipo abraça a senhora de cuecas. Agora és minha. Os jovens amantes . vídeos de stock 133155366, royalty-free, da coleção Depositphotos com milhões de fotografias, imagens vetoriais, ilustrações e vídeos de stock, premium, com alta resolução. No relato, a menina afirma que ele oferecia pequenas quantias em dinheiro a ela. — Ela disse claramente que aquela não foi a primeira vez. O relato da menor se aproxima muito do depoimento da ... status rebolei gostoso no pau desse macho maravilhoso. foi fazer massagem e tirou a minha calcinha. meu namora adora comer safado. negra safada muito gostosa-demo. ninfetinha muito gostosa free. ... namorada no hotel demo. gozada gostosa. chupando uma amiga. pegando amiga de ladinho. Hotel Rural Convento Nossa Senhora do Carmo: Namorando pela História - Veja 108 dicas e avaliações dos hóspedes, 188 fotos e encontre promoções para Hotel Rural Convento Nossa Senhora do Carmo, no Tripadvisor.

A maldição da demissexualidade

2020.09.09 22:17 BanselSavant A maldição da demissexualidade

Edit: a "namorada" me chutou. A gente ia se encontrar na segunda, adiou, na semana que vem, agora nunca. Depois n querem meu psicológico fodido. Me dispensou pois pretende se mudar pro nordeste e facilitei isso com umas informações que n tinha. Sucesso pra ela, enquanto eu continuo na merda. Nada muda E a outra lá eu chutei. Sanguessuga malvada
Acho que é óbvio o paradoxo, mas quero discutir. Sim, por causa da pornografia, um monte de fetiches e invejas me surgiram, como pegar em festa, ou em público, ou em situações específicas, etc, mas n sei se conseguiria fazer de fato. Sou um fracasso na vida, logo na sexual também. Todo sexo q tive foi pagando e o que foi "na amizade" mesmo pagando foi o único q gostei, justamente pela amizade, pela conexão, pelo gostar da mina. Posso ficar duraço com uma mina que vejo na rua, mas obviamente n poderia chegar ou tentar algo. Essas histórinhas de rolar com desconhecidos deve ser meme ou com sortudo, como uma que a ex (diaba muito diaba) me contou. Conversaram um pouco na piscina do hotel e foram e fizeram no banheiro. Queria muito saber como ele convenceu ela a isso, como ela n se arrepende e tal (n q deva ter motivo de arrependimento. Quero q ela se exploda), como rola essa conexão. Parece q existe palavra mágica. Invejo esses caras q conseguem boquete aleatório de desconhecida, etc. Roteiro de pornô, mas da uma depre pq existe na realidade e queria q rolasse comigo. Diversas vezes fiquei atraído e seria tão massa se rolasse, sem machismo, sem estupro, sem forçação, sem mimimi, só tesão, dois corpos se pegando. Obviamente acho q n sou atraente. Sou estranho, alto, magrelo, desvio os olhos, etc. (Tou melhorando, mas longe de ser um garanhão) Mas convenhamos q muitos feios pegam, que muitas minas só querem o pau e tão nem aí se o cara é casado, santo ou bate na mãe. Muitas tem seu tesão e queria topar com uma que só rolasse e tal. Seria tão massa. Maaaaas eu conseguiria? O pau continuaria duro? Conseguiríamos um posição confortável? São tantas dúvidas e pensamentos q quase piro. Por outro lado, quero a minha gata, passear pelo corpo dela, endeusá-la, ajudá-la a sentir todo prazer possível. Eu sou romântico. Mas parece que romantismo afasta as mulheres. Qual o problema de meter até o talo sim, num banheiro sujo qualquer, mas com carinho? N gosto mesmo da ideia de objetificar, por mais q tenha meus fetiches de dominação. Dominação é objetificar? O que difere uma mina que gosta de ser chamada de puta do cara que chama ela de puta? Ela é um lixo? Ele é um lixo machista? Acho que notaram q tenho dúvidas sobre pessoas em geral. Gostaria de entender, como lidar com as pessoas, como reconhecer que uma mina tá a fim... É meme aquela história (isso é exemplo) do caminhoneiro que mostrou o pau pra filha do dono do posto de gasolina, incentivou ela a entrar na cabine do caminhão, tocar nele, chupar ele, ele depois mandar ela se limpar e n dizer nada a ninguém e ainda ela ainda ter gostado de tudo isso? N que eu queira mostrar o pau por ai, mas já vi tanta história de cara exibicionista que despertou tesão na mina e comeu ela. Ou é tudo meme? Ou acontece mesmo, principalmente nesses interiores de fazenda, região rural e menos urbana ("menos civilizada")? Pessoal, são dúvidas sinceras. Meio que tou namorando agora e tou sem saber lidar com ela. N gooooosto dela, mas n quero perder ela. Eu sei que pareço um canalha que vai usar ela e depois abandonar, mas realmente n quero isso. Se for para deixar ela, ela vai continuar virgem, pq n vou me aproveitar. Já cometi uns erros na vida e minha disciplina está intacta, meu senso de moral engrossou. N é divertido machucar coração. N é divertido fazer mal a alguém. Mas já vi tanta história de casais q de comum acordo desvirginaram, mas n ficaram naquela de ficarem juntos para sempre. Já vi tanta história de nego q comeu e abandonou e a mina continua a vida como se nada tivesse acontecido, n sente raiva dele e tal. Deliberadamente eu casaria sem hesitar com umas meninas específicas, mas n essa "namorada". Moramos perto, mas ainda n nos vimos pessoalmente. Quando acontecer, vou poder estourar ela de beijos (devo, por palavra dela), mas nem pensar muito em algo sexual. Okay dela n daaar no primeiro encontro. Compreensível, mas em algum momento vai rolar. Acho q sinto um medo de ficar preso a ela. Sou muito sentimental e sabem a ex diaba q citei? Diaba pq ela casou e ainda me contata. E ela é de outro estado e nunca nos vimos pessoalmente. Ela me persegue, acho q esperando q eu mande ela tomar no cu e bloqueie. Mas n sou de fazer isso. Tenho raiva dela, mas se eu externar, meu coração q vai sentir e n vou ter um piripaque por causa dela. Mas é notável q ainda sou um pouco preso a ela. N no sentido amoroso ou sexual (quero que ela se exploda²), mas n consigo levantar o dedo para dar fim de vez a esse contato. Sinto q eu perderia algo. Sabem a história dela com o cara na piscina? Consegui arrancar dela indagando sobre tesão feminino, oq no homem atrai a mulher e tal, pois já que ela é mulher experiente e eu preciso de respostas, resolvi tentar aprender um pouco, tirar algum proveito dela, depois dela brincar tanto comigo. Gente, o que eu faço? Tou certo em algo? Tou errado em algo? Em q? Oq faço? N quero machucar ninguém e com essa postura acabei bem machucado pelos anos ae (antes e depois de eu ter cometido os uns erros que citei)
submitted by BanselSavant to sexualidade [link] [comments]


2020.07.01 22:21 Manu_channn Sou babaca por querer que um mlk se dê mal?

Olá Lubixco,chat,gatas,papelões e editores. Turubom? Então no final do ano passado eu comecei a gostar do Carls um garoto que era 2 anos a baixo do meu na escola (estou no 9° atualmente e ele repetiu o 7º) e eu achava ele MEGA INCRÍVEL,ele me tratava bem,era maneiro,engraçado e era bem o meu tipo e ainda jogávamos o mesmo jogo sempre que eu podia. (esse jogo foi uma forma de eu me aproximar dele) Então um dia eu tomei coragem e disse pra ele que queria SÓ FICAR com ele pq sou um pouco fds pra relacionamento sério, e ele disse que super toparia e era ssó a gente se encontrar pra rola. O problema começa a partir daí, dps de um tempo ele viajou para um hotel fazenda e conheceu uma garota lá e eles começaram a namorar dps de 3 FUCKING DIAS, eu não sabia de nada até me contarem por zipzop e eu disse que não estava nem aí pq a gente não tava namorando nem nada e deixei o assunto pra lá, aí passou uns dias e o Carls começou a falar coiss pra maiores de 18 pela call do jogo e eu não sabia mtt o que fazer e fui na onda e eu sabia que ele tava namorando (A garota mora a uns 50km dele e via ela de 2 a 3 vezes por semana), não conhecia a garota mas não queria me meter em furada dps, então dps de uns 3 dias ele parou de dar em cima de mim, mas eu com fogo da larisinha falei com ele pra ver se ainda rolava a beijoca lá e ele disse pela call do jogo a seguinte frase:"EU SÓ FARIA LEPO LEPO COM VC OU SÓ FICARIA COM VC SE EU TERMINAR COMA MINHA NAMORADA" Eu indignadíssima perguntei:" Então eu sou 2° opção pra vc?" e ele disse com todas as 3 letras que sim. Na mesma hora eu disse: "legal" e sai do jogo e fui dormir. Dps de todo esse rolo aconteceu mais umas tetras aí e atualmente a gente não se fala nem joga junto. O Único problema é que ele ainda não superou as patadas q eu dei em outras tetras q a gente teve e tb pq eu abri os olhos dos amigos dele,mostrando quem realmente ele era: Um babaca,machista e gordofóbico,até hj ele tá putinho e fica colocando coisas nos status do zipzop do tipo:"Quem me bloquear vai pegar a Manu_channn aquela gorda do 9°". e tb me contaram que ele faz tipo "apostas" enquanto joga com os amigos do tipo:"Quem morrer vai comer a Manu_channn" e isso é bem ruim de se saber mesmo vc não estando presente na hora pq ele literalmente me tratou como objeto e isso me fez chorar a noite inteira,tive até q mentir pra minha mãe dizendo que era alergia. Mas voltando ao real motivo de eu estar contando essa história. Sou babaca por querer que esse mlk de 3 anos mentais se foda um pouco na vida só pra perceber que ele foi um extremo babaca?
submitted by Manu_channn to TurmaFeira [link] [comments]


2020.06.17 06:52 bertol586 - CORNO NA OITAVA "ADORMECIDA" -

_Uma história de nice girl, corno, traição, e muita treta_

Um oi para luba,editores,espírito dos papelões, SUPOSTOS convidados e turma que está a ver, aqui vai a história do:
Sou das terras pampeãnas tchê, se quiser ser xenofóbico eu aceito.
Bem, eu tinha me mudado pra um colégio novo, em uma cidade nova.
Alguns meses depois de estar bem acostumado com a vida nova, quando saia de uma colada sobre uma conversa q estávamos falando, MAS essa colada me rendeu os piores meses restantes do meu ano.
Saindo da colada e me deparei com a menina q vou chamar de gótica rabuda tinha chegado na minha sala para fazer uma campanha lá, mas n queremos saber disso, queremos saber do meu sofrimento. Eu trouxa do jeito q sou quando vi ela pensei, "hm pq n chegar nela?"
Demorou mas aconteceu, quando depois de algumas semanas comecei a me aproximar dela, ela era realmente muito legal, gentil, inteligente, tudo de bom até ali, CRL agora bateu uma bad hein, lembrei q n beijo faz tempo pra crl.
Voltando a história, depois de uns meses eu virei o melhor amigo dela, e eu MUITO bom aluno como sou fui matar aula com ela, ela me levou para casa dela, adendo até eu então eu era virgem EM TUDO, na casa dela a gente se beijou, quase transamos, se n fosse minha paranóia de os pais dela estarem "quase chegando".
No final fomos pegos no ato, como eu tinha previsto...
A gente foi pego e levamos um baita de esporro do todo mundo.
Mas a história n acaba aqui.
A gótica e eu começamos a namorar.
Mas, quando começamos a conviver um com o outro, é... Não deu certo, n msm. Mas o bovino aqui queria insistir.
Então dps de vários meses com uma relação tóxica da parte dela. Fazendo tudo pra me desmotivar.
Fui convidado para o seu aniversário de quinze anos. Nesse aniversário íamos posar em um hotel, (o bagulho era tão chique q meu padastro comprou um carro novo pra gente ir. Custou a vida dele, tá pagando até hoje)
Enfim, no final do dia eu já tinha percebido q a relação dela com o seu primo era um tanto quanto, no mínimo diferente.
Naquele dia eu n consegui dormir, seu pai quando levantei o pai da rabuda estava de vigia na porta do quarto dela, quando ele saiu eu continuei, um tempo depois o primo dela saiu todo sorrindo do quarto, quando ele me viu de vigia, ele deu uma brochada no olhar.
Naquele momento eu me toquei, eu estava sendo corno n só com ele, mas muitas outras vezes, por isso o nome da história. Eu deixei ele comer ela. E foi oq aconteceu, os meus pais tinham o quarto bem do lado. Quando eles me perguntaram oq eu e ela tínhamos feito ontem de noite eu dei o xeque mate na vadia.
Ela tava me traindo SIM!
O melhor, depois de algumas outras pessoas namorando, a maioria delas quando eu perguntava sobre a rabuda diziam q tinham pegado ela, e quando perguntava QUANDO, várias e várias diziam um tempo q batia no tempo q eu ACHAVA q eu namorava com ela.
Eu como gado nível god q sou, ainda tentei perdoar ela, mas eu percebi q tava me apaixonando dnv, e n ia dar certo, então cortei relação totalmente.
É isso luba, gatas espíritos de papelões, editores e toda turma, mas mds.
Mas assim, tenho MUITAS histórias, então se quiserem eu conto mais, bjs.


7%9:5-1,98=3>0
submitted by bertol586 to TurmaFeira [link] [comments]


2020.06.09 21:16 _um_otaku_qualquer_ N SEI SE ENCAIXA NA INTENÇÃO, MAS GOSTARIA DE EXPOR ESSA HISTORIA C VCS (TURMA FEIRA)

Bom dia, boa tarde ou boa noite aos leitores desse post (LUBA ME NOTAAAAAAAAAAA) Vou tentar ser breve com essa historia de forma que ela nao fique tao longa (apesar de que acho q ela va ficar um pouco grande digasse de passagem) n eh uma historia tao engraçada ou de ex mas ela fez com que eu aprendesse muitas coisas em muito pouco tempo tudo começou cmg aos 12 anos qnd eu estava jogando um jogo fenomenal super interessante que eu adorava chamado ddtank (sei q n eh isso tudo mas eu gostava mt na epoca rs), e eu smp encontrava pessoas para jgr (gostava bastante de socializar la dentro) ate o dia que encontrei um "menino" (guardem essa informação) que tinha um nick chamado "FuscaFlorescente" e eu jogava bastante c ele pq ele soltava altas coisas engraçadas q eu rachave de rir dps de mt tempo jgnd c ele (cerca de uns 2 ou 3 meses), decidimos compartilhar nosso facebook (pq era a unica rede social que usavamos na epoca), e sim eu poderia estar divulgando onde eu fico para um pedofilo, mas eu era inocente e n sabia dessas coisas. mas ao receber a solicitacao no fb eu vi que na vdd o "menino" do jogo era uma menina (e eu tinha deixado a solicitacao dela la uns 3 dias, pq eu achava que realmente iria aparecer um menino), e eu fiquei surpreso pq obviamente somos mais acostumados a presenciar o contrario, se eh q vcs me entendem
dps que compartilhamos o fb, ela (vamos nomear a menina de karls) ficamos jogando o mesmo jogo por mais um tempo e dps fomos para outros ate ficarmos no liga das lendas (vulgo league of legends digasse de passagem) e nunca perdemos contato entre nós, smp conversavamos cada dia
passou-se um ano que nos conhecemos e fiquei bastante curioso com o ocorrido daquela vez qnd eu descobri que ela estava se passando por um menino, ent resolvi perguntar a ela pq ela tinha feito aquilo (meio nd a ver a pergunta mas msm assim fiz) e mais uma vez a karls me surpreendeu c a resposta, pq disse que, por se passar por menina nos jogos que ela gostava, sofria mt com a toxicidade das pessoas, e ela tinha uma pessoa em comum (guardem isso tb) que levou ela a mudar sua identidade dentro da internet para ficar em paz (na epoca eu tava c 13 anos ja digasse de passagem). no final do dia, qnd eu ja tava saindo do pc, ela disse p mim que gostava muito do meu "jeitinho de ser" c as pessoas e por isso resolveu revelar oq ela era naquele dia, e que gostaria mtt de que as pessoas fossem assim umas com as outras
oq ela me falou nesse dia me impactou mt pq eu nunca tinha presenciado coisas do tipo tlg, ent desde o dia que ela tinha falado disso, eu decidi que eu iria mlr mais o meu "jeitinho de ser" c as pessoas (n sei dizer outra coisa p isso, dsclp leitores) e evitar o maximo a toxicidade dentro dos jogos, para n acontecer o mesmo trauma q aconteceu c a karls
passou-se mais um ano e a gnt ainda conversava. nesse meio tempo a gnt montou um servidor incrivel no discord que era a maior farra toda vez que td mundo entrava call (e todo mundo era do LoL). nesse ano (2018) eu teria uma olimpiada na minha escola mas meu pai ia viajar a negocios pra SC e perguntou se eu n iria qr ir, ent eu (um mlk q n gostava de ficar debaixo do sol de 35 graus na quadra) obv aceitei ir c ele, e avisei aos amigos desse servidor do discord que eu iria viajar pra SC por uma semana, soq eu n sabia que praticamente TODO MUNDO do servidor eram tb de SC (incluindo a karls), ent eu fiquei MT mais animado, pq uma viagem que eu tinha feito c meu pai (onde eu teoricamente iria ficar apenas moscando no quarto do hotel ou andando em lugares sozinho) iria ser uma viagem que eu iria encontrar meus amgs do server do discord. no meio da viagem, expliquei tudo pro meu pai, e ele concordou em me deixar ir me encontrar com esse povo, ate pq ele de certa forma conhecia eles, pq ele via a gnt conversar e aparecia na webcam p dar um salve ou algo do tipo
no primeiro encontro que fizemos com td mundo foi simplesmente especial p mim leitores. combinamos de ir todos vestidos de akatsuki (tds tinham mantos, mas tb tinha um amigo nosso, que era o cleiton [vms chamar ele assim] que ele conseguia arranjar manto p td mundo n sei como) em um shopping q tinha em SC e a gnt ia se localizar a partir desses mantos da akatsuki, e a gnt ainda se confundiu c um cara mt aleatorio KKKKKK, mas no final deu td certo, e a gnt se encontrou nos outros 6 dias da viagem, mas teve 1 dia em especifico (no penultimo dia da viagem) q tive q ficar na casa da karls pq meu pai ia se atrasar um pouco p me buscar (e meu pai n confia mt em uber, n sei o pq tb) e no final do dia, la pras 9 da noite, tinha soh nos dois la na casa dela (os pais dela tavam viajando e deixou ela cuidando da casa, mas ela era mt responsavel tb e ela morava em um condominio la) e meu pai foi me buscar so 2 da manha
ficamos esperando jogando lol (tinha 2 pczao xou de bola na casa dela) e dps ficamos vendo naruto em cima de um tapete. eu tava la deitadao no tapete da sala botando a cabeça na perna dela, dai a karls falou p mim "mano pq a gnt n namora?" e, nql hora, eu entrei em xoque, pq eu n sabia oq falar e nunca tinha namorado, ent fiquei sem reagir la, paradao. ai ela olhou pra mim, viu q eu tava c uma cara de ????? e fez uma cara de q ia chorar, ent eu fiquei gritando "TABOM TABOM TABOM" (ela chorava por td), dps a gnt ficou calado por 2s e ela perguntou qq a gnt fazia agr, e eu falei q n sabia. ai a gnt ficou vendo naruto ate meu pai chegar .
o outro dia seria o ultimo, e ela falou q n ia dar p se encontrar por conta de uma coisa la na casa dela, e td mundo tb sabia que eu n ia ir pq era o ultimo dia da viagem e eu teria que ir embora de SC. mas no msm dia a karls me mandou msg no pv p se encontrar na casa dela, pq ela qria flr doq aconteceu na madrugada. eu cheguei la e ela disse q tlvz n tenha se expressado direito na hora, e ela me recebeu c um bjo, e a gnt so ficou la na casa antes de eu ir embora (a despedida foi um aperto no coração tb digasse de passagem).
qnd voltamos da viagem eu n contei do ocorrido (o fato de eu estar namorando) pra casa (se eu contasse p minha mae na epoca ela ia transformar minha vida num inferno, ja q ela n concordava em eu namorar naquela epoca), apenas falei dos role q fizemos. no msm dia qnd entrei no server do discord as pessoas ja sabiam doq aconteceu e fizeram uma "festa de casamento" no minecraft, mas foi soh mais uma noite qlqr de jogo q a gnt fazia
com o decorrer do tempo naquele ano, tive que soltar umas pontas e falar devagar oq tava acontecendo pro meu pai, mas ele aceitou dboa e n ia flr pra minha mae pq ele tb sabia que ia dar ruim se ela soubesse. ele ate me cobriu algumas vzs e conseguiu uma vez fzr uma viagem no msm ano p eu me encontrar c ela e os amgs do server (acabei conhecendo os pais tb, os dois sao mt gnt boa bix).
n devo ter relatado aq, mas a karls na epoca fazia esgrima (a guria tinha feito 2 anos de muay thai tb bix) e ela voltava da escola de esgrima td dia sozinha, pegando busao, chegava de noite e, desde que a gnt começou a namorar, ligava p mim p flr sobre a vida. e eu precoce smp esperava c o telefone na mao deitado na cama. ate que chegou um dia que quebrou minhas perna
no ano de 2019 (mais especificamente no final do mes de fevereiro) eu fiquei esperando ela fzr oq ela smp fazia , mas por algum motivo ela n tinha ligado aql hora (nem mandou msg ou algo assim). eu imaginei que ela tinha ficado mt cansada naquele dia e q so ia conversar no outro dia, ent fui dormir, mas dormi um pouco preocupado tb
smp que eu durmo, eu acordo no meio da noite sozinho p beber um pouco de agua e volto a dormir. mas eu acordei, fui beber agua e lembrei que a karls n tinha enviado nada naquele dia, ent eu fui correndo pro meu telefone e tinha uma notificação do wpp da mae da karls, dizendo q ela tinha sofrido um "acidente de carro", n resistiu os ferimentos e acabou morrendo. dps, eu deitei, e simplesmente chorei mt na hora, ate amanhecer o dia
eu tinha perdido o chao na epoca qnd isso aconteceu, nosso grupo do server ficou mt abalado tb com a noticia. conversei com meu pai tb e ele conseguiu me pagar uma passagem p eu ir sozinho pro enterro da karls. td mundo tava la, ate os que n eram de SC viajaram pro enterro. ficamos desanimados por mttt tempo, a gnt n fazia mais as msm coisas de antes tlg.
mas n acabou (por increca que parível)
teve uma tentativa de homicidio com os pais da karls em que o cara acabou saindo dps de tentar matar eles. a policia descobriu qm era a pessoa "corajosa" que tinha tentado fzr isso e adivinhe so: era o corno daql cara que tinha traumatizado a karls. eu fiquei irado qnd eu descobri isso. no fim, o cara foi flagrado tentando fzr a msm coisa com outras pessoas e foi para julgamento. no fim do julgamento, em q estava uma das pessoas do server do discord (o cleiton) e os pais da karls, disseram eles que o cara era totalmente louco da cabeça, falando que a karls era uma vagabunda vadia pq n tinha aceitado se comprometer amorosamente c ele, e ele resolveu tirar a vida dela pq, se ele n conseguisse ter ela, ningm mais ia ter. obv, foi preso, nao so por isso mas tb por varias coisas que ele tinha feito antes.
fiquei um pouco aliviado dps q isso aconteceu, pq era meio q na historia toda tivesse algo entalado e q n qria sair. tive mts aprendizados sobre a vida nesse tempo em q tive 2 anos de amizade e 6 meses de relacionamento c a karls, e hj me tornei uma pessoa mt diferente, smp melhorando o meu "jeitinho de ser" q a karls falava de antes dps de ter superado tudo. parece ate filme saporra tmnc
sinceramente, gostaria q isso aparecesse na turma feira pq ao meu ver eh mt diferente das historias relatadas, apesar de n ser uma historia q os leitores fiquem muito "incredulos", mas acho que essa historia eh mais para todos que se sentirem, de certa forma, um pouco desanimados e sem um gatilho motivacional. escrevi isso mais como um desabafo, pq foi para poucas pessoas que eu contei dessa historia, e para categoriza-la como uma historia qlqr, apesar de o assassino da historia ser, de certa forma, um nice guy que foi mt ao extremo
leitores, juro q tentei encurtar o maximo q eu pude, mas obrigado aos q chegaram ate aq e luba, se tiver lendo isso, agradeço a vc tb, pq a karls gostava mttt do seu conteudo, e eu tb gosto mtttt
um bom dia, boa tarde ou boa noite para todos
submitted by _um_otaku_qualquer_ to TurmaFeira [link] [comments]


2020.06.06 05:05 CombinationCommon Traída no dia dos namorados?

Oi luba, psipsipsi gatas💕(ola editores)e turma que está a ver Antes da história, vamos ao contexto né. A pessoa em questão "Carls" foi meu primeiro namorado, apesar de que ele disse na minha cara que nunca tinha gostado de ninguém de verdade (ok) depois de um mês termino comigo falando que a gente não parecia ser realmente namorados (ok, ate porque eu tinha 13 anos e tava mais focada nos estudos e não sabia como era ta numa relação com alguém, e a gente continuo amigos apesar q ele saiu espalhando por ai que eu não beijava bem, obvio que não né, ele foi a primeira pessoa que eu beijei vei kkkkk). Um belo dia quando minha tia resolveu me levar em um hotel fazenda que tinha um parque aquático pra comemorar meu aniversário de 14 anos(detalhe, a gente tava indo na van que meu vô tinha comprado), minha tia tava contando uma história que se a gente desejasse muito uma coisa essa coisa ia "magicamente" aparecer, eu n tava entendendo nada porque ela começou a fala ora eu desejar alguma coisa e falo até que alto que o que eu desejasse ia aparecer, ai eu buguei mesmo kkkk não vazia ideia do porque ela tava falando alto aquilo. Quando no assento lado fundo da van, saiu o Carls, olha só... Minha surpresa era que minha tia tinha convidado ele kk. Agora pra história. Nesse dia ele começou a falar que tava com saudades, que queria voltar e tal, fiquei chocada né kkkk mas não respondi na hora, e minha mãe mesmo falo pra eu não voltar,(pulando alguns acontecimentos) quando já estava escurecendo a gente já tava perto de casa e ele tava me pressionando roa dar uma resposta e tal, mas depois de um tempo ele fico quieto e deito no meu colo (folgado🙄) acabo rolando um clima e a gente se beijo (basicamente acabei voltando com ele) no dia dos namorados (também aniversário dele ) eu dei pra ele um presente de aniversário e ele acabo me dando uma blusa dele, (detalhe, não sei se realmente importante, mas a gente tava no 9°ano) depois a nossa sala desceu pra ver uma apresentação de trabalhos do sétimo ano. Quando a gente volto pra sala ele me chamo e falou "não fica brava ta bom?" ai eu falei "depende". Ele simplesmente disse que uma menina virou e beijo ele do nada (até então ele pode ter sido pego de surpresa mas na minha cabeça ele pelo menos ia ter afastado a menina e falado que tava namorando, até porque ele era um ano mais velho que eu e devia saber que é o minimo neh) então eu falei "ta, mas o que você fez?" ele falo que não fez nada, e simplesmente termino comigo de novo falando que a gente não tava dando certo etc. (Meu único arrependimento foi ter namorado com ele né ia me poupar de algumas coisas, mas fazer oq... A um mês depois de a gente ter terminado eu comecei a namorar, quando ele descobriu veio perguntar pra mim se era verdade, com una cara de "não acredito que pouco tempo depois já ta com outro", que no caso acabou que foi um babaca né, em resumo dos três garotos que eu já fiquei na vida meu atual é o único que presta realmente e estamos juntos a dois anos já<3 ) É isso Nem sei se vai aparecer no video mas beijos lubixco
submitted by CombinationCommon to TurmaFeira [link] [comments]


2020.06.04 21:31 lysguil Preciso de conselhos e analisem a situação pra mim por favor

Oi galera, eu queria pedir um conselho para vocês. É em relação a relacionamento e agradeço a quem puder me ajudar nessa, tá foda. Eu estou abrindo minha alma e coração nesse texto, direi toda a verdade
Primeiro me deixem contar algumas coisas sobre mim, isso pode ajudar a entender algumas das minhas ações. Isso não me exime de culpa, sei disso e não vou usar nada disso para me fazer de vítima ou pra me eximir de responsabilidades. Sei que a culpa foi toda minha.
Primeiro de tudo eu não sou um neurotipico. Não tenho autismo mas, embora minha família (meu pai mais precisamente) não tenha deixado que um diagnóstico fosse feito, ficou claro para todos desde criança que eu tinha algo. Eu odeio do fundo do coração o barulho. Odeio sons altos em geral, isso inclui música e por isso não consigo ficar muito tempo em festas. Para aguentar ficar em ambientes barulhentos eu preciso ficar bêbado e ainda assim é bastante incômodo.
A segunda coisa para se saber sobre mim é que sofri abuso sexual na infância. Foram duas mulheres diferentes, nenhuma delas da minha família. Nunca contei pra minha família e acho que nunca irei contar. Bom, não sei dizer como me sinto sobre isso. Acho que minha tara sexual tem a ver com isso. As vezes eu choro quando me lembro mas não sinto anda sobre. É normal isso? Enfim, eu não sei pq quanto isso me afetou. Sofri abuso até os 11 anos e para ser honesto, como homem eu não consigo falar sobre o que a segunda mulher fez comigo. É humilhante demais. Vou morrer e levar isso para o túmulo.
A terceira coisa que preciso contar é que fui diagnosticado com depressão ao 13 anos de idade. Eu era pequeno, magricelo e esquisito. Gostava de cards do Yu gi oh e fixar isolado na biblioteca da escola (Pq era um lugar silencioso), então da pra imaginar quanto bullying eu sofria. Enfim, a depressão me deixou quebrado e teve seus picos. Nessa época tive minha primeira tentativa de suicídio. Minha família nunca soube. No dia seguinte ainda fui pra escola, como se nada tivesse acontecido. Essa foi a primeira de uma série de tentativas.
Agora que já falei essas características eu vou começar a falar meu problema, peço perdão se ficar muito longo. Aos 16 anos eu tive uma namorada e ela morreu de câncer. Isso piorou meu quadro depressivo, eu fiquei agressivo e aprendi a resolver as coisas com violência. Tentei me matar mais algumas vezes e tava foda. Eu tomava tantos remédios para a depressão que ficava grogue, totalmente dopado meio hora depois de tomar. Minha mãe me fez parar, com o apoio da minha vó. Eu estava começando a superar a coisa quando minha vó, a pessoa que eu mais amava na vida, faleceu subitamente. Deus, acho que eu... Bom eu nem sei dizer o que eu sentia. Simplesmente não sei. Doeu mais do que tudo. Depois desse dia eu não conseguia chorar, não conseguia sentir. Fiquei anestesiado sabe? Meu psiquiatra falou UE eu estava num estado de "melancolia", onde eu não conseguia mais sentir felicidade. Eu poderia ficar alegre ou coisas do tipo mas verdadeira felicidade era impossível. Bom, foi foda. Eu tinha 17 na época.
Fiz amizade com uma garota aos 16, Melissa, ela fazia terapia em grupo comigo. Era meio patricinha mimada mas uma boa pessoa. A gente conversava e diziamos nossos planos um pro outro. Ela me ajudou a superar a barra da terapia. Quando eu tinha 18 e ainda estava sentindo o impacto da perda da minha vó, essa garota se matou. No mesmo dia ela pediu pra conversar comigo e eu não estava em casa para conversar (nos falávamos pelo facebook). Eu só fui saber sobre pelas postagens no Facebook dela. Eu não senti nada na hora, achei que não tinha em afetado, anos depois eu ia perceber o quanto me afetou.
Bom, eu segui minha vida. Comecei a faculdade de direito, minha mãe queria um filho juiz e eu tava no piloto automático. Só fui seguindo. Fiz pouco tempo do curso de direito e realmente não era pra mim. No começo de 2018 eu conheci uma garota pela internet. Ela tinha 15 e eu 19. Ela morava em uma cidade um tanto distante mas dentro do mesmo estado que eu moro e a gente começou a papear. Mano, eu garoto incrível! Sério, era maravilhosa demais. Eu vou resumir pra vocês a questão: Eu me assustei com ela, a depressão ainda estava forte e eu não sabia o que tava acontecendo. Por fim eu me afastei dela e e bloqueei no Facebook. Eu sei, sou um tremendo babaca.
Fiquei mais alguns meses na minha vida de merda e fui jogar habbo hotel. Eu sei, eu sei. Coisa de criança mas só queria sentir aquilo que eu sentia novamente quando tinha 11 anos e jogava RPGs no hotel. Não consegui claro. Eu cresci, o mundo mudou e não dá pra voltar a infância. No jogo uma garota conversou comigo, tinha 19 também e me pediu o insta pra conversar. Eu fui e fiz um insta com a intenção de papear um pouco. A partir daqui eu me torno o monstro. De verdade. A garota tinha depressão também e me falava sobre os problemas dela mas também puxada uns assuntos mais sexuais. Não sexuais entre eu e ela, ela só contava como eram as transas dela e eu perguntava uma coisa ou outra sobre as minhas. Eu contava na boa. E os meses foram passando. Eu era um homem quebrado servindo de confidente pra uma garota aleatória da internet.
Eu desbloqueei a garota do começo do ano e voltamos a nos falar. Ela era legal, alegre, bonita e maravilhosa. E ela gostava de mim! Deus do céu ela gostava de mim! Eu também gostava dela. Eu contei algumas mentiras sobre mim pra ela, pra impressionar um pouco mas sempre disse "eu sou um homem quebrado", eu falava que minha cabeça tava toda ferrada o tempo todo pra ela. Ela disse que não se importava e me pedia para ir vê-la na cidade dela. Eu pensava em ir, fazia de tudo para ir... e na última hora eu dava para trás. Não conseguia ir. A minha vida de amar a distância e ser confidente seguiu até o final do ano de 2018. No ano novo eu tomei uma decisão: ia pedir a garota da outra cidade em namoro. Eu pedi e ela aceitou. Ok, vão me chamar de gado e tudo bem. Eu estava na casa de praia que minha mãe tinha comprado e pretendia visitar a garota assim que voltasse.
Quando voltei veio a notícia: Eu tinha conseguido a vaga em gastronomia! Era a porra do meu sonho ali! Fui correr atrás de documentos, matrícula, uniforme e material. Nisso passou algumas semanas e como não fui ver a garota ela terminou comigo e me falou que eu tava fazendo ela de trouxa de novo (ela sentia que eu tinha feito ela de trouxa em 2018 inteiro). Depois de uma semana ela veio falar comigo e minhas aulas já estavam começando. Demorei um mês para conseguir ir vê-la e quando cheguei lá... Ela era divina. Maravilhosa. Eu tive que esperar ela na rodoviária e pensei que tinha caído em alguma pegadinha kkkkk mas ela veio e eu fiquei muito feliz. A gente foi no shopping, assistiu um filme e ela me convenceu a passar a noite na casa dela. Dormir na sala claro, os pais dela concordaram. Não vou mentir: agi cono um idiota nesse dia. A depressão e a irritabilidade me faziam ser muito imbecil e babaca (eu me envergonho e me arrependo muito disso hoje).
Bom, nessa época não estávamos namorando e eu dizia que não ia pedir ela em namoro (tava com orgulho ferido por ela ter terminado comigo). Um dia ela me falou tava com dor e ficou o dia todo sem me responder mais. Mano, eu morri de preocupação! Fiquei desesperado. Quando ela finalmente leu minhas mensagens eu pedi ela em namoro. Joguei o orgulho de lado e pedi em namoro a mulher que eu amava. Bem, Eu fui ver ela mais vezes, no aniversário de 17 dela e outros. Enfim, seguindo adiante.
Bom, lembra da mina da internet? Então. A gente continuava conversando sempre mas ela tava cada vez mais deprimida e mais dependente emocionalmente de mim. Ela me contava as coisas e eu só ouvia agora, ela falava bastante de sexo e afins. Sei que era errado com minha namorada mas é aí que entra a Melissa na história: foi nisso que a morte dela me afetou, eu não conseguia deixar outra pessoa na mão. Eu sei como a depressão dói, como família pode ser tóxica para nós e não conseguia deixar ela de lado. Eu errei e fui fraco e deixei a situação continuar assim. Um dia o Instagram dessa garota foi hackeado e ela achou que foi eu por algum motivo. Ela foi atrás da minha namorada, que eu já tinha dito o nome, e falou que eu namorava ela virtualmente, eu era um perseguidor e não sei mais o que. Eu realmente não sei tudo que ela disse. Eu expliquei pra minha namorada e tudo mais, que era por causa da depressão da garota e que eu não conseguia deixar de lado. Disso que não tinha nada com ela. Bom, eu não estou me justificando e minha namorada terminou comigo. Com razão ela. Eu fui um idiota, um merda, um babaca completo.
Eu implorei muito uma chance e tals e por fim ela me perdoou. Não voltou a como era antes mas me perdoou. Tá ficando muito grande então vou resumir essa parte. Eu fiz merda de novo.
Tinha uma amiga do Rio de Janeiro que gosta de flertar e mesmo eu não dando abertura ela falou que queria transar comigo na praia tomando vinho. Eu cortei esse papo e tals. Numa outra conversa eu tava falando merda, contando vantagem como homem idiota costuma fazer. Falei que tinha pego várias garotas de um outro curso da minha faculdade (mentira que homem conta) para essa amiga. Bom, minha namorada viajou comigo e olhou minhas conversas no celular enquanto eu dormia. Aí ela terminou comigo de vez no começo do ano passado.
Eu sei, a culpa é minha e só minha. Não vou justificar essas atitudes com minhas doenças ou algo do tipo. Erro só meu. Eu expliquei pra minha ex namorada e pedi a ela pra poder tentar reconquistar ela. Ela concordou e eu fiquei tentando, mostrando que podia ser mais atencioso e que podia mudar. Ela começou a ficar com um carinha e eu com uma mina,mas eu continuava tentando e ela me deixava tentar. Uma dia ela decidiu que não era mais pra eu tentar, que me amava mas que não valia mais a pena. Eu queria continuar tentando. Discutimos muito mas eu por fim aceitei.
Ela quis manter a amizade e eu concordei. Só que meu conceito de amizade e o dela diferem muito e isso causa muitos atritos. Ela disse que não me ama mais, algumas atitudes dela me dizem que ela ama (eu li diversos livros de psicologia e sobre relacionamento e eles apontam as atitudes dela como amor). A última coisa que aconteceu foi uma que me magoou de um jeito estranho.
A poucos dias eu tive um desmaio (tenho algumas problemas de saúde) e cai da laje da minha casa. Quebrei um braço e tals. Quando postei nos stories de whats que tava quebrado ela perguntou se eu tinha sido atropelado e eu falei que não, que cai da laje. Ela fez uma brincadeira dizendo basicamente "podia ter morrido né" só que desejando minha morte. Eu sei que foi uma brincadeira mas me doeu muito. Pq ela sabe que já tentei me matar 15 vezes, inclusive uma esse ano. Eu esqueci de contar lá em cima mas minha melancolia foi embora. Eu tô meio que curado disso e tô sentindo prazer em viver de novo. Ela fez essa brincadeira e me doeu demais, demais mesmo. Eu falei pra ela algumas merdas e ela me chamou de dramático (ela diz isso sempre que eu reclamo de algo, talvez eu seja mesmo) e isso doeu ainda mais. Eu sinto que toda vez que reclamo com ela sobre como as atitudes dela me machucam ela me chama de dramático e menospreza minha dor.
Esse ano ela veio me falar que tava com princípio de depressão e eu conversava com ela sempre que ela precisava, eu só precisei conversar uma vez e ela disse que não queria conversar. Bom, eu me senti mal com isso. Foi ali que vi que nossos padrões de amizade são diferentes.
Enfim, essa última brincadeira que me matou. Vocês vão perguntar pq a gente não se bloqueia e se esquece. A resposta é: eu não sei. Eu sei que amo muito ela e acredito que ela me ama. Depois da briga ela me bloqueou e horas depois me desbloqueou (mas excluiu meu número segundo ela). Eu queria alguns conselhos, opiniões e que analisem a minha história e me digam o que pensam sobre tudo. Sobre tudo mesmo!por favor, ajudem esse idiota que fez tudo errado na vida
submitted by lysguil to desabafos [link] [comments]


2020.06.04 19:02 lysguil Preciso de um conselho ou dois

Oi galera, eu queria pedir um conselho para vocês. É em relação a relacionamento e agradeço a quem puder me ajudar nessa, tá foda.
Primeiro me deixem contar algumas coisas sobre mim, isso pode ajudar a entender algumas das minhas ações. Isso não me exime de culpa, sei disso e não vou usar nada disso para me fazer de vítima ou pra me eximir de responsabilidades. Sei que a culpa foi toda minha.
Primeiro de tudo eu não sou um neurotipico. Não tenho autismo mas, embora minha família (meu pai mais precisamente) não tenha deixado que um diagnóstico fosse feito, ficou claro para todos desde criança que eu tinha algo. Eu odeio do fundo do coração o barulho. Odeio sons altos em geral, isso inclui música e por isso não consigo ficar muito tempo em festas. Para aguentar ficar em ambientes barulhentos eu preciso ficar bêbado e ainda assim é bastante incômodo.
A segunda coisa para se saber sobre mim é que sofri abuso sexual na infância. Foram duas mulheres diferentes, nenhuma delas da minha família. Nunca contei pra minha família e acho que nunca irei contar. Bom, não sei dizer como me sinto sobre isso. Acho que minha tara sexual tem a ver com isso. As vezes eu choro quando me lembro mas não sinto anda sobre. É normal isso? Enfim, eu não sei pq quanto isso me afetou. Sofri abuso até os 11 anos e para ser honesto, como homem eu não consigo falar sobre o que a segunda mulher fez comigo. É humilhante demais. Vou morrer e levar isso para o túmulo.
A terceira coisa que preciso contar é que fui diagnosticado com depressão ao 13 anos de idade. Eu era pequeno, magricelo e esquisito. Gostava de cards do Yu gi oh e fixar isolado na biblioteca da escola (Pq era um lugar silencioso), então da pra imaginar quanto bullying eu sofria. Enfim, a depressão me deixou quebrado e teve seus picos. Nessa época tive minha primeira tentativa de suicídio. Minha família nunca soube. No dia seguinte ainda fui pra escola, como se nada tivesse acontecido. Essa foi a primeira de uma série de tentativas.
Agora que já falei essas características eu vou começar a falar meu problema, peço perdão se ficar muito longo. Aos 16 anos eu tive uma namorada e ela morreu de câncer. Isso piorou meu quadro depressivo, eu fiquei agressivo e aprendi a resolver as coisas com violência. Tentei me matar mais algumas vezes e tava foda. Eu tomava tantos remédios para a depressão que ficava grogue, totalmente dopado meio hora depois de tomar. Minha mãe me fez parar, com o apoio da minha vó. Eu estava começando a superar a coisa quando minha vó, a pessoa que eu mais amava na vida, faleceu subitamente. Deus, acho que eu... Bom eu nem sei dizer o que eu sentia. Simplesmente não sei. Doeu mais do que tudo. Depois desse dia eu não conseguia chorar, não conseguia sentir. Fiquei anestesiado sabe? Meu psiquiatra falou UE eu estava num estado de "melancolia", onde eu não conseguia mais sentir felicidade. Eu poderia ficar alegre ou coisas do tipo mas verdadeira felicidade era impossível. Bom, foi foda. Eu tinha 17 na época.
Fiz amizade com uma garota aos 16, Melissa, ela fazia terapia em grupo comigo. Era meio patricinha mimada mas uma boa pessoa. A gente conversava e diziamos nossos planos um pro outro. Ela me ajudou a superar a barra da terapia. Quando eu tinha 18 e ainda estava sentindo o impacto da perda da minha vó, essa garota se matou. No mesmo dia ela pediu pra conversar comigo e eu não estava em casa para conversar (nos falávamos pelo facebook). Eu só fui saber sobre pelas postagens no Facebook dela. Eu não senti nada na hora, achei que não tinha em afetado, anos depois eu ia perceber o quanto me afetou.
Bom, eu segui minha vida. Comecei a faculdade de direito, minha mãe queria um filho juiz e eu tava no piloto automático. Só fui seguindo. Fiz pouco tempo do curso de direito e realmente não era pra mim. No começo de 2018 eu conheci uma garota pela internet. Ela tinha 15 e eu 19. Ela morava em uma cidade um tanto distante mas dentro do mesmo estado que eu moro e a gente começou a papear. Mano, eu garoto incrível! Sério, era maravilhosa demais. Eu vou resumir pra vocês a questão: Eu me assustei com ela, a depressão ainda estava forte e eu não sabia o que tava acontecendo. Por fim eu me afastei dela e e bloqueei no Facebook. Eu sei, sou um tremendo babaca.
Fiquei mais alguns meses na minha vida de merda e fui jogar habbo hotel. Eu sei, eu sei. Coisa de criança mas só queria sentir aquilo que eu sentia novamente quando tinha 11 anos e jogava RPGs no hotel. Não consegui claro. Eu cresci, o mundo mudou e não dá pra voltar a infância. No jogo uma garota conversou comigo, tinha 19 também e me pediu o insta pra conversar. Eu fui e fiz um insta com a intenção de papear um pouco. A partir daqui eu me torno o monstro. De verdade. A garota tinha depressão também e me falava sobre os problemas dela mas também puxada uns assuntos mais sexuais. Não sexuais entre eu e ela, ela só contava como eram as transas dela e eu perguntava uma coisa ou outra sobre as minhas. Eu contava na boa. E os meses foram passando. Eu era um homem quebrado servindo de confidente pra uma garota aleatória da internet.
Eu desbloqueei a garota do começo do ano e voltamos a nos falar. Ela era legal, alegre, bonita e maravilhosa. E ela gostava de mim! Deus do céu ela gostava de mim! Eu também gostava dela. Eu contei algumas mentiras sobre mim pra ela, pra impressionar um pouco mas sempre disse "eu sou um homem quebrado", eu falava que minha cabeça tava toda ferrada o tempo todo pra ela. Ela disse que não se importava e me pedia para ir vê-la na cidade dela. Eu pensava em ir, fazia de tudo para ir... e na última hora eu dava para trás. Não conseguia ir. A minha vida de amar a distância e ser confidente seguiu até o final do ano de 2018. No ano novo eu tomei uma decisão: ia pedir a garota da outra cidade em namoro. Eu pedi e ela aceitou. Ok, vão me chamar de gado e tudo bem. Eu estava na casa de praia que minha mãe tinha comprado e pretendia visitar a garota assim que voltasse.
Quando voltei veio a notícia: Eu tinha conseguido a vaga em gastronomia! Era a porra do meu sonho ali! Fui correr atrás de documentos, matrícula, uniforme e material. Nisso passou algumas semanas e como não fui ver a garota ela terminou comigo e me falou que eu tava fazendo ela de trouxa de novo (ela sentia que eu tinha feito ela de trouxa em 2018 inteiro). Depois de uma semana ela veio falar comigo e minhas aulas já estavam começando. Demorei um mês para conseguir ir vê-la e quando cheguei lá... Ela era divina. Maravilhosa. Eu tive que esperar ela na rodoviária e pensei que tinha caído em alguma pegadinha kkkkk mas ela veio e eu fiquei muito feliz. A gente foi no shopping, assistiu um filme e ela me convenceu a passar a noite na casa dela. Dormir na sala claro, os pais dela concordaram. Não vou mentir: agi cono um idiota nesse dia. A depressão e a irritabilidade me faziam ser muito imbecil e babaca (eu me envergonho e me arrependo muito disso hoje).
Bom, nessa época não estávamos namorando e eu dizia que não ia pedir ela em namoro (tava com orgulho ferido por ela ter terminado comigo). Um dia ela me falou tava com dor e ficou o dia todo sem me responder mais. Mano, eu morri de preocupação! Fiquei desesperado. Quando ela finalmente leu minhas mensagens eu pedi ela em namoro. Joguei o orgulho de lado e pedi em namoro a mulher que eu amava. Bem, Eu fui ver ela mais vezes, no aniversário de 17 dela e outros. Enfim, seguindo adiante.
Bom, lembra da mina da internet? Então. A gente continuava conversando sempre mas ela tava cada vez mais deprimida e mais dependente emocionalmente de mim. Ela me contava as coisas e eu só ouvia agora, ela falava bastante de sexo e afins. Sei que era errado com minha namorada mas é aí que entra a Melissa na história: foi nisso que a morte dela me afetou, eu não conseguia deixar outra pessoa na mão. Eu sei como a depressão dói, como família pode ser tóxica para nós e não conseguia deixar ela de lado. Eu errei e fui fraco e deixei a situação continuar assim. Um dia o Instagram dessa garota foi hackeado e ela achou que foi eu por algum motivo. Ela foi atrás da minha namorada, que eu já tinha dito o nome, e falou que eu namorava ela virtualmente, eu era um perseguidor e não sei mais o que. Eu realmente não sei tudo que ela disse. Eu expliquei pra minha namorada e tudo mais, que era por causa da depressão da garota e que eu não conseguia deixar de lado. Disso que não tinha nada com ela. Bom, eu não estou me justificando e minha namorada terminou comigo. Com razão ela. Eu fui um idiota, um merda, um babaca completo.
Eu implorei muito uma chance e tals e por fim ela me perdoou. Não voltou a como era antes mas me perdoou. Tá ficando muito grande então vou resumir essa parte. Eu fiz merda de novo.
Tinha uma amiga do Rio de Janeiro que gosta de flertar e mesmo eu não dando abertura ela falou que queria transar comigo na praia tomando vinho. Eu cortei esse papo e tals. Numa outra conversa eu tava falando merda, contando vantagem como homem idiota costuma fazer. Falei que tinha pego várias garotas de um outro curso da minha faculdade (mentira que homem conta) para essa amiga. Bom, minha namorada viajou comigo e olhou minhas conversas no celular enquanto eu dormia. Aí ela terminou comigo de vez no começo do ano passado.
Eu sei, a culpa é minha e só minha. Não vou justificar essas atitudes com minhas doenças ou algo do tipo. Erro só meu. Eu expliquei pra minha ex namorada e pedi a ela pra poder tentar reconquistar ela. Ela concordou e eu fiquei tentando, mostrando que podia ser mais atencioso e que podia mudar. Ela começou a ficar com um carinha e eu com uma mina,mas eu continuava tentando e ela me deixava tentar. Uma dia ela decidiu que não era mais pra eu tentar, que me amava mas que não valia mais a pena. Eu queria continuar tentando. Discutimos muito mas eu por fim aceitei.
Ela quis manter a amizade e eu concordei. Só que meu conceito de amizade e o dela diferem muito e isso causa muitos atritos. Ela disse que não me ama mais, algumas atitudes dela me dizem que ela ama (eu li diversos livros de psicologia e sobre relacionamento e eles apontam as atitudes dela como amor). A última coisa que aconteceu foi uma que me magoou de um jeito estranho.
A poucos dias eu tive um desmaio (tenho algumas problemas de saúde) e cai da laje da minha casa. Quebrei um braço e tals. Quando postei nos stories de whats que tava quebrado ela perguntou se eu tinha sido atropelado e eu falei que não, que cai da laje. Ela fez uma brincadeira dizendo basicamente "podia ter morrido né" só que desejando minha morte. Eu sei que foi uma brincadeira mas me doeu muito. Pq ela sabe que já tentei me matar 15 vezes, inclusive uma esse ano. Eu esqueci de contar lá em cima mas minha melancolia foi embora. Eu tô meio que curado disso e tô sentindo prazer em viver de novo. Ela fez essa brincadeira e me doeu demais, demais mesmo. Eu falei pra ela algumas merdas e ela me chamou de dramático (ela diz isso sempre que eu reclamo de algo, talvez eu seja mesmo) e isso doeu ainda mais. Eu sinto que toda vez que reclamo com ela sobre como as atitudes dela me machucam ela me chama de dramático e menospreza minha dor.
Esse ano ela veio me falar que tava com princípio de depressão e eu conversava com ela sempre que ela precisava, eu só precisei conversar uma vez e ela disse que não queria conversar. Bom, eu me senti mal com isso. Foi ali que vi que nossos padrões de amizade são diferentes.
Enfim, essa última brincadeira que me matou. Vocês vão perguntar pq a gente não se bloqueia e se esquece. A resposta é: eu não sei. Eu sei que amo muito ela e acredito que ela me ama. Depois da briga ela me bloqueou e horas depois me desbloqueou (mas excluiu meu número segundo ela). Eu queria alguns conselhos, opiniões e que analisem a minha história e me digam o que pensam sobre tudo. Sobre tudo mesmo!por favor, ajudem esse idiota que fez tudo errado na vida
submitted by lysguil to brasilivre [link] [comments]


LuAr no hotel em Vitória. Mulher tem relação com outra mulher, casada, e acaba tendo ... NAMORANDO - Grecco - YouTube NAMORO A DISTÂNCIA - DO HABBO HOTEL PARA A VIDA REAL CONSEGUIR UMA NAMORADA NO HABBO HOTEL 100% FUNCIONAL #09 FUI NO MOTEL LUSH - FANFIC - YouTube Jovem pega a própria mãe na cama com seu ex-namorado e pai ... MC BRISOLA ESTÁ NAMORANDO!! FEAT. LETICIA ESCARIÃO  # ... Roblox - FÉRIAS NO HOTEL ASSOMBRADO (Hotel Stories ...

Menina de 15 anos, que aparece em vídeo, fazia sexo com ...

  1. LuAr no hotel em Vitória.
  2. Mulher tem relação com outra mulher, casada, e acaba tendo ...
  3. NAMORANDO - Grecco - YouTube
  4. NAMORO A DISTÂNCIA - DO HABBO HOTEL PARA A VIDA REAL
  5. CONSEGUIR UMA NAMORADA NO HABBO HOTEL 100% FUNCIONAL
  6. #09 FUI NO MOTEL LUSH - FANFIC - YouTube
  7. Jovem pega a própria mãe na cama com seu ex-namorado e pai ...
  8. MC BRISOLA ESTÁ NAMORANDO!! FEAT. LETICIA ESCARIÃO # ...
  9. Roblox - FÉRIAS NO HOTEL ASSOMBRADO (Hotel Stories ...

Olá pessoal, no vídeo de hoje trago pra vocês o nosso grande e primeiro encontro, o nosso Namoro a distância.. Saindo do jogo HABBO HOTEL para a VIDA REAL. Música cantada por Grecco e será utilizada em uma das entradas. LUSH MOTEL: http://lushmotel.com.br QUER APOIAR MEU TRABALHO? (Itaú) Agencia: 8172 Conta Corrente: 07399-4 Natália Garcia de Nobrega Abreu OU MANDAR PRESEN... Os dois namorando despreocupados, até o momento só havia eu de fã, com o meu pai que fez com que tudo acontecesse... valeu pai. o// @maryannlins m-ann.tumblr.com O DIA QUE TEVE BARRACO NO HABBO HOTEL KKKKK - Duration: 8:09. KaikeFlex 480,702 views. 8:09. Language: English Location: United States Restricted Mode: Off History Help Canal oficial do Cidade Alerta, programa jornalístico da Record que vai ao ar de segunda à sexta. E o vídeo de hoje é Roblox - FÉRIAS NO HOTEL ASSOMBRADO (Hotel Stories) Luluca Games. Foi super legal gravar esse vídeo...!!! Assistam e se divirtam..!! Me... Uma jovem suspeitava de que o ex-namorado tinha um caso a mãe dela. E para transformar suas suspeitas em certezas, ela decidiu preparar uma cilada, para pegá... Perguntas Curiosas com MC Brisola e Leticia Escarião ♦ instagram: https://www.instagram.com/matmazzafera ♦ snapchat: @mmazzafera ♦ Twitter: https://twitter.c...