2019 mensagem de amor

Dor e Glória (2019): uma mensagem de amor à arte Pedro Almodóvar combina emoção, nostalgia, sensibilidade, melancolia, ternura e beleza estética em uma narrativa que valoriza o poder ... Para que isso seja possível, contudo, é importante que as pessoas espalhem amor, alegria e positividade nesse período. Por isso, separamos não somente uma mensagem de feliz 2019, mas vinte! Confira agora mesmo! Mensagem de Amor - Lindas Frases de Amor Para Compartilhar. julho 27, 2019. Frases Curtas de Ano Novo 2020. dezembro 18, 2019. Mensagem de Feliz Natal 2019. dezembro 09, 2019. Categorias Ano novo Dia Dos Pais Feliz Natal Frases de Amor Frases de Aniversário Frases de Boa Noite Não são todos os dias, mas às vezes o seu namorado se supera e consegue ser a pessoa mais carinhosa, fofa e amável do mundo. Para retribuir a altura, selecionamos 15 mensagens de amor curtas,bonitas, fofas e românticas que derreterão o coração da sua alma gêmea!. 1. Feliz 2019! Que sejamos mudança, perseverança e conquistas. Que o que há de novo e bom em nós desperte para entrar em ação. Que a vida se ajuste do modo mais lindo em mais um novo ano que se inicia, que em cada um só vibre gratidão, paz, amor, e união. Que a magia do Natal esteja presente em seu Ano-Novo 2019! Te desejo muita paz, amor e esperança de dias melhores. Você merece conquistar o mundo. (528570) 11/ago/2020 - Explore a pasta 'Bom dia, Amor!' de Marcio Benigno, seguida por 173 pessoas no Pinterest. Veja mais ideias sobre Mensagens, Mensagens de bom dia, Mensagem de bom. A vontade de estarmos juntos, de planejar a vida, de fazer todas as coisas bem simples, porém repletas de amor. Eu gostaria que cada dia tivesse 25 horas, só para curtir mais um pouquinho tudo aquilo que venho curtindo ao seu lado. Mensagens de Amor; Linda declaração de amor . Destino . Você é a página mais linda que o destino escreveu na minha vida. Via Belas Mensagens de Amor. O amor não prende . O amor não prende, liberta! Ame porque isso faz bem a você, não por esperar algo em troca. Criar expectativas demais pode gerar decepções. Acho que seria capaz de ficar minha vida inteira gritando bem alto o quanto sou louca por nós. Você enche meu coração de alegria, minha vida de amor e meu destino de felicidade! Sou uma pessoa imensamente realizada porque você é o melhor namorado do mundo. Essa é a realidade! Prometo fazer da nossa ligação uma bela história de amor!

Eu me odeio!

2020.09.07 07:22 AffectionatePicture2 Eu me odeio!

Eu nem sei como começar esse texto. Bom, eu tenho 16 anos, tenho pais separados, duas irmãs e dois irmãos. Minha irmã mais velha tem depressão, minha mãe e uma mulher amargurada por causa do seu passado e meu pai e um homem que passou por dois casamentos onde ele traio minha mãe e minha madrastas. Chamo minha madrasta de tia porque eu tenho um amor enorme por ela e ela é mãe dos meu dois irmãos mais novos! Bem o foco não é esse, mas eu tenho que contextualizar! Eu sou gay não assumido para o mundo mas meu amigos, primos e minhas mães sabem! Claro né, toda mãe sabe. Eu me assumi para minha mãe no final de 2019. Ela me aceitou como eu sou. Não contei para o meu pai, mesmo já sabendo que ele sabe, mas não quer enxergar! Bem voltando a minha irmã mais velha. Ela começou a desenvolver os sintomas de depressão em 2018, eu N sei muito bem como ou porque, mas eu sei que ela e a melhor amiga dela brigaram e não se falam até hj! E cada mês que ia passando ela ia ficando mais depressiva (na época morávamos com nosso pai.) eu que na época entendia pouco do q estava acontecendo, senti medo, raiva e insegurança. Uma dia ficamos sozinhos em casa, eu estava jogando no quarto e ela estava no outro quarto, eu escuto ela chorar e vou ver, quando eu olho para ela eu vejo seus pulsos cortados e isso me deixou louco, fique com muito medo! Ligue para meu pai. Enfim ao decorrer dos anos ela vinha piorando e não era só isso tinha meu pai problemático e minha mãe sofrendo por minha irmã. Não sou de demonstrar meu sentimento e emoções, mas um dia eu não aguentei. Vi minha irmã todo cortado dos pés aos braços! Nesse dia meu mandei mensagem para meu pai q avia saído, falei que ela estava muito mal e que eu estava com muito medo de morrer! Mas ele falou que eu estava com cena. Fiquei com raiva e medo, então decidi mandar mensagem para todos os contatos pedindo ajuda, como medo da minha irmã morrer. Até que todos mandavam mensagens eu N sabia o que fazer. Foi muito traumatizante aquela noite! Depois disso eu não conseguia ser eu mesmo tinha medo de tudo, medo de perder minha irmã medo da minha mãe adoecer com a situação e medo do meu pai da uma de doido de novo! Eu sou muito amargurado com meu pai por tudo o que ele fez cominha mãe e minha madrastas, mas eu tento relevar hj em dia. Desculpa o assusto te saído do rumo, eu só quero q me entendam. Hj em dia eu tenho muita coisa na minha cabeça. E todo o que eu faço eu acho q não é o suficiente e nem o melhor. Eu choro no meu quarto de noite sem fazer barulho. Eu falo para mim mesmo que os meus problemas são inferiores aos dos outros! Eu me culpo por ser gay meo sabendo q eu N estou fazendo nada de errado, eu sinto que eu sou forçado com as pessoas que conheço, eu sinto que eu faço cena! Eu já escrevi várias cartas de desculpas para as pessoas que eu acho q machuquei mesmo que eu nem tenha machucado essa pessoa,. Eu pesso desculpa por tudo! Eu tenho medo de não saber ser eu mesmo. Eu sinto que eu criei um personagem que muda seu jeito para se encaixar eu me sinto artificial! Eu nunca pensei em morrer e nem quero! Eu só quero me encontrar ser eu mesmo sem ter medo de tudo! Sem medo da perda. Eu só quero entender porque eu só coloco a culpa em mim! Eu não consigo falar com alguém pessoalmente em tão decide escrever aqui. Desculpa a inconveniência🖤😔
submitted by AffectionatePicture2 to desabafos [link] [comments]


2020.09.04 18:33 DanteStonecross Senta que la vem história

Eu to a algum tempo lendo e comentando coisas nesse /, e eu sempre quis dizer varias coisas aqui, porque de algum jeito eu me sinto confortável de ver essas coisas e todos vocês, mesmo discordando com algumas pessoas aqui e ali ta tudo bem, discordar é normal, faz a gente mais humano.
Mas eu queria muito contar uma história aqui hoje, é uma jornada importante pra mim, e eu espero que vocês gostem de me ver aprendendo uma coisa muito complicada. Nessa história, todos os nomes serão fictícios, e será um resumo muito resumido, então a grande maioria dos fatos não está aqui, mas o que isso tudo me ensinou, você vai poder ver com certeza.
Eu sempre fui um Romântico, e quando eu digo Romântico, eu falo da escola literária, eu não uso aquele português difícil, mas eu enxergo o mundo de uma maneira similar, eu vivo os momentos com as pessoas com intensidade, com muito sentimento, e os momentos seguintes a esses vem a melancolia.
A primeira vez que eu me apaixonei quando tinha 11 anos, o mundo se tornou diferente pra mim, era como se de repente todo o resto fosse preto e branco, e apenas aquela garota fosse colorida(eu tenho essa história contada em um texto, que é o ponto inicial da minha depressão, escrito exatamente como aquela criança enxergava o mundo, se ao final alguém se interessar eu mando sem problemas).
E, perto se fazer 14, em 2013, eu conheci uma garota muito mais do que bonita, ela era simplesmente divina aos meus olhos, ela era tão incrível, ela tinha absolutamente tudo que eu gostava. Eu conheci a Ágata dando aulas de matemática(o que mais um nerd faz?) e algo me chamou muita atenção: mesmo com 13 anos eu já tinha dado muitas aulas pra muitas pessoas e todo mundo tem um limite, todo mundo desiste(pede uma pausa) depois de X questões, mas ela não, mesmo sem entender muitas coisas ela persistia até o fim tentando entender tudo, até o horario dela ir embora ela continuou la, com o caderno e a caneta fazendo de tudo pra conseguir entender.
Bons meses depois Ágata se tornou minha melhor amiga(embora no início ela respondia minhas mensagens a cada 3 semanas, sem exagero!), e mais um tempo depois e muitos conflitos com a família dela, a gente começo a namorar.
Eu ainda não posso explicar o que era a sensação de namorar com ela, ela era literalmente o que todo garoto sempre sonhou: baixinha, cabelo cacheado, um rosto muito agradável, um sorriso lindíssimo, peitos e bunda enormes(ENORMES), cantava feito um anjo, era popular, divertida, extrovertida, dedicada, esforçada... É uma lista de qualidades que, na época, transbordava.
De 2014 até 2019, nós tivemos 3 anos de relacionamento e 5 anos de amizade, e eu aprendi muito mesmo em todos esses anos. O motivo do término do relacionamento(numa versão em resumo do resumo do resumo) foi, principalmente, possessão. Eu tenho um pai que é extremamente possessivo e eu levei 14 anos pra sair das garras deles(ou seja, ainda era recente quando eu conheci ela), e 1 ano depois do namoro ela começou a querer cada vez mais a minha atenção, onde eu não sentia mais liberdade pra fazer coisas que eu queria, porque eu tinha que ficar 3 horas falando no telefone com ela(e eu nem gosto de falar no telefone).
Não me entendam mal, eu não estou dizendo que fui perfeito, que não tive defeitos ou que só eu que estava passando por problemas, acabou porque precisava acabar. Inclusive se você, Ágata, por algum motivo descobriu o reddit e se reconhecer nesse post, saiba que mesmo não mais falando com você e não conseguindo mais olhar na sua cara(história pra outro dia), você pra sempre terá minha gratidão e meu respeito, nós vivemos muitas coisas juntos e, se hoje eu sou um homem, foi você que o moldou, muito obrigado.
Quando isso terminou, eu comecei a conversar mais com uma outra garota que eu conhecia, estudava na mesma escola que a gente, e conforme eu a conheci, ela começou a conquistar cada vez mais espaço no meu coração.
Carol era uma mulher interessante de várias maneiras, ela era extremamente extrovertida, cantava muito bem, tinha muitas histórias pra contar, era uma das pessoas que mais tinham ficado com gente na escola, e principalmente, ela tinha acabado de ganhar uma filinha. O jeito que a Carol olhava pra filha dela me fazia querer estar por perto, não porque ela parecia uma mãe incrível, mas porque havia uma dualidade dentro dela: aquela criança foi concebida de um estupro, onde foi muito difícil aceitar conceber a criança, quando ela nasceu era completamente visível que ela não sabia o que fazer, ela amava mais do que tudo aquela criança, ao mesmo tempo que ela via o homem que fez isso quando olhava pra ela(graças a deus, isso mudou bem rápido).
O tempo passou e eu e Carol começamos a nos dar muito bem, e em meados de 2019 a gente se beijou pela primeira vez, essa foi oficialmente a segunda pessoa que eu beijei na vida e cara, que coisa mais estranha, eu não sabia nem como descrever o que tinha sido aquilo de tão estranho... Até que ela me beijou uma segunda vez, e ai oficialmente, aquele era o melhor beijo do mundo.
Eu e Carol ficamos mais algumas vezes, e a gente se dava muito bem em tudo, até na cama era muuuuito diferente do que era com a minha ex, e a gente fazia tantas coisas juntos, viamos animes, conversavamos sobre varias pessoas, saíamos pra comprar roupas...
Cada dia que passava o meu sentimento só aumentava, e quanto mais ele aumentava, mais coisas que eu achava incríveis aconteciam, como a gente ver as coisas abraçadinhos, ficar de mãos dadas, varias dessas coisas de casal.
O meu erro? Carol desde o inicio falou "Não se apaixona por mim, eu não me apaixono por ninguém". Eu segui essas instruções o quanto foi possível, mas cara, talvez fosse loucura minha, mas parecia muito que ela também estava apaixonada, não com palavras porque toda vez que eu mencionava ela mudava a expressão e o jeito por um tempinho, mas as atitudes dela, os nossos momentos...
Depois de um tempo, no inicio desse ano, eu tentei cortar a Carol da minha vida torcendo pra que resolvesse meu problema, e deu certo por 1 mês até que ela me mandou mensagem perguntando quanto tempo isso levaria. Eu dei o meu melhor e coloquei todos os meus sentimentos em um texto, cada palavra continha tudo que eu sentia por ela, e ela também fez um texto de volta pra mim, e eu pude sentir o que ela sentia também, ela queria ser só minha amiga, e nada mais.
Nós ficamos mais 3 ou 4 meses sem nos falar até que, por intermédio de uma amiga em comum, a gente voltou a se falar e, desde então eu vi Carol mais umas 3 ou 4 vezes, mas é tudo muito estranho, a gente troca mensagens uma vez por semana e olhe la, eu nem acredito que um dia a nossa amizade volte, quanto mais a gente ficar ou coisas do tipo.
Mesmo com tudo isso, ela sempre viveu no meu coração.
Porem aqui vem a lição, meus amigos.
Há semanas atrás, eu consegui contato com uma garota que a gente não se via a muitos, muitos anos. Sabe aquela história de primeiro amor a gente nunca esquece? Esse foi meu segundo, e o que eu verdadeiramente nunca esqueci, eu sempre vou me lembrar do meu primeiro dia de aula numa escola completamente nova, e no fim do dia eu ainda todo perdido uma garota me puxa, me olha nos olhos e a primeira coisa que ela diz pra mim é: "Você namoraria comigo?". A resposta pra essa pergunta era não, obviamente, foi muito aleatório, mas eu estava tão nervoso que saiu "sim", ela deu um sorrisinho e voltou ao que tava fazendo. Desde aquele dia, Livia se aproximou cada vez mais de mim, e ela tentou me conquistar todos os dias, e acreditem em 2012/13 eu não era naada fácil.
E quando eu consegui falar com ela novamente, alguma coisa dentro de mim estalou, a gente voltou a conversar e era como se nada tivesse mudado, a gente conseguia desenvolver do mesmo jeito que a gente sempre fez, nem parecia que tinham 7 anos sem contato. A gente se viu algumas vezes(sim, eu sei que a gente ta de quarentena, todas as medidas de seguranças foram tomadas pra gente conseguir) e, cara, eu tinha me esquecido o que é olhar pra alguém que te olha como se você fosse uma obra prima, aquele olhar de quando éramos crianças não mudou nem um pouquinho, ela ainda olha pra mim como se eu fosse a pessoa mais legal do mundo.
Eu, com todos os meus defeitos, com todas as minha chatisses e meu jeito ""inteligente"" de ser, onde a lista de qualidades é exatamente igual a lista de defeitos, ela me vê como se fosse alguém muito mais do que incrível.
E eu olho pra ela assim também, e quando eu a olho, eu quero que ela sinta a pessoa incrível que eu vejo, uma pessoa que passou por inúmeros problemas pelo mundo afora e ainda passa, alguém que realmente foi a raiz do meu gosto pelas mulheres, que me ensinou que atitude é a melhor caracteristica possível em alguém, e que eu quero alguém com isso na minha vida, alguém que tenha coragem de me puxar pelo braço e dizer que me quer, alguém que queira os meus toques, alguém que querias os meus carinhos, as minhas massagens, os meus abraços, as minhas implicações, assistir animes ou séries comigo, beber comigo, aprender e viver todo tipo de experiências e situações. É isso que eu quero com ela também!
Esse é um pedacinho da minha odisseia, eu pedi a Deus, ao universo, a seja la o que for que estiver ai fora por nós, pra que 2020 seja um ano de apredizados e conquistas, 2020 foi o ano mais difícil da minha vida, onde por conta de um treinamento pra competição, da pandemia(home office) e tambem por causa de ter a Carol na minha cabeça, eu passei pela pior fase da minha vida, mas eu consegui correr atrás de ajuda a tempo(onde eu devo a minha vida a minha hipnoterapeuta, que mulher excepcional) e, no final dessa jornada, eu cresci muito e me tornei bem mais forte.
Muito obrigado, eu deixo aqui os meus agradecimentos a todas essas garotas, que me mostraram quem eu quero junto a mim e quem eu quero ser, a minha mãe que é a melhor mãe do mundo e, mesmo a gente se desentendendo as vezes, eu não resistiria sem ela, a minha hipnoterapeuta que consegue a façanha de me colocar em transe(hipnose ericsoniana é a melhor, sem dúvidas!) e que me ensinou muuuito mais lições do que eu teria aprendido em 20 anos da minha vida.
E principalmente, muito obrigado a mim mesmo, por ter aguentado até aqui, por nunca ter parado de ir pra frente mesmo pensando todos os dias em desistir, em jogar tudo pro ar, pensando até em coisas muuito, mas muuuuito mais escuras nos dias mais dificeis, mesmo assim nós estamos aqui, prontos para a proxima jornada, onde a gente vai sofrer, mas a gente vai aprender algo a respeito disso no final.
Se você chegou até aqui, meu caro amigo, eu só queria te contar a história de como eu descobrir o que, pra mim, é o amor. Amor é o que eu sinto quando olho pra alguém que também me devora com o olhar e as atitudes, amor não é toda a intensidade, todo o fogo, toda a loucura, não! Pode ser um pouco disso, mas principalmente, amor é reciprocidade, é você não ter que se esforçar em mudar 1001 coisas só pra agradar a pessoa, quem você ama e quem te ama de verdade gosta de você por ser quem você é, e é isso que eu quero pra minha vida, amar e ser amado!
Eu não sei se eu e Livia vamos ficar juntos, a gente deve descobrir mais a frente, mas eu sei que eu quero isso, e se o destino(ou o universo, ou deus...) não permitir que a gente fique junto, tudo bem, eu sei agora o que procurar, e que vai existir mais alguém que olhe pra mim do jeito que eu olho pra ela.
submitted by DanteStonecross to desabafos [link] [comments]


2020.08.28 12:21 littledremer Sou babaca por acabar com a vida social do meu ex-melhor amigo?

(Aviso todos os nomes são os nomes do meu WhatsApp) Bem vamos lá… eu conheci o Berdinazo, há três anos atrás, 2018, e naquela época minha chance de ter amigos não era muito grande… Motivos? Eu meio que era muito isolada, eu era nova na escola e talvez só talvez levemente grudenta. (Não me julgue por isso.) A primeira pessoa que eu tinha feito amizade foi… Corna Chifruda? (Sem ideia para nomes decentes, ok eu já avisei no começo ) eu formei meu grupinho de amigos, Berdinazo, Corna Chifruda e Mangali, todos são fãs de coração de k-pop e desenhavam, eu tinha me juntado a eles por que eu desenhava, é uma coisa que eu amo desde pequena. Bem eu não sei quando as coisas começaram a ficar muito ruins pro meu lado, mas eu me lembro que eu era forçada a aprender coreografias de músicas que nem gostava. Eu só fazia isso porque se eu não aprendesse eu ia ficar sozinha, eu também passei por mudanças extremas no meu estilo de desenho. Por mais que eu tivesse outro grupo de amigas, que eu formei no 8 ano, 2019, essas retardadas do outro grupo que eu fiz, eu só via de tarde, por sinal essas amigas estão me dando um apoio emocional gigantesco, eu amo muito elas. Então ou eu ficava naquele grupo da manhã sendo forçada a aprender coreografias que eu não queria ou eu ficava sozinha a manhã inteira. O que eu escolhi? Ficar com o grupo da manhã e o da tarde. Passou um tempão eu suportando aprender coreografias e tal, eles sabiam que eu era péssima decorando esse tipo de coisa, uma vez que o Berdinazo reclamou da minha demora aprendendo coreografias, de eu não dançar direito, já me me chamou de burra já me fez chorar muitas vezes, me obriga a emprestar o meu tablet mesmo que eu já tenha explicado que eu tenho um amor por ele e tenho medo de que alguém o quebre e falou umas merdas sobre mim para outras pessoas. Eu vou contar como eu comecei a ficar desconfiada sobre a minha "amizade" com o Berdinazo. Foi assim, ele me pediu para eu ir na casa dele para eu aprender a coreografia de forma mais rápida, ele me ensinou quase nada e alguns dias depois, Corna Chifruda me pediu para eu ir na casa dela, pelo mesmo motivo. Eu mostrei tudo o que eu aprendi e ela falou que a parte do Berdinazo estava errada, ela mandou mensagem pra ele falando isso é ele respondeu que não era culpa dele de eu ser burra e não conseguir aprender coreografias direito, sendo que ele aprovou tudo. Aquilo me deixou em choque e extremamente triste, ele só pediu desculpas quando eu falei " e vc nem tem a cara de Pau de pedir desculpas." No fim eu acabei me desculpando por que eu achei que eu tinha pegado pesado demais. Vamos para fatos mais recentes, começo desse ano antes da pandemia, nós quatro criamos um grupo de música, que por sinal eu saí dele. Ele me pediu para decorar uma coreografia até o fim do dia, eu tentei explicar que não ia dar por que eu ia viajar naquele dia. Então ele virou e falou : "Vc vai chorar que nem sempre quando agente for fazer o dance!" Eu continuei tentando explicar, enquanto ele claramente estava cagando pro que eu tava falando. Naquele dia eu tomei birra e parei de aprender coreografias. Eu ainda sim continuei no grupo, ainda sendo amiga de todos. Minhas amigas da tarde começaram a me falar que ele era tóxico e eu fiquei em negação falando que não era assim e tal. Teve outra vez que eles me pediram pra desenhar os "mascotes do grupo" cada mascote representaria um de nós, o Berdinazo falou que não ia ajudar em nem uma das tarefinhas que foram separadas, como ele também tinha saído do grupo por causa disso eu resolvi desenhar todos os mascotes até incluindo o dele na imagem. Eu passei um dia inteiro pra fazer tudo. (Eu vou mandar a imagem no final.) No final ele reclamou de não ser o animal que ele queria, falou que agente não iria usar, me bloqueou, saiu de todos os grupos que a gente tava e falou para a Corna que sentia nojo de mim da Mangali e dela. (Por que elas me defenderam.) Essa é a última história antes da minha saída do grupo, foi no dia 23 de julho de 2020, eu tinha postado um shitpost no meu status que tinha uma coreografia no fundo, o Berdinazo falou o seguinte: "Duvido vc aprender essa coreo😌😌😌😌😌" eu falei que eu não ia porque eu estava de castigo. A resposta dele foi: "Tá ok mais vc podia ter usado o sem tempo de ver anime pra treinar…." Ai eu respondi "Berdinazo eu estou a 5 dias sem ver por que eu estou de castigo, além disso eu não só vejo anime, cuido das aulinhas da minha irmã." ele simplesmente ignorou a minha resposta. Essa é a última parte da história, dia 24 de julho de 2020, no dia anterior eu estava fazendo todas as tarefas que eu deixei de fazer, por sinal eu fiquei acordada até mais tarde fazendo elas, eu acordei e eu vi mensagem pra caramba no grupo, eu fui ver e o pessoal estava reclamando que eu não podia ir com eles gravar o teaser do nosso grupo, tinham alguns problemas no plano deles, um a minha mãe não deixou, dois eu estava de CASTIGO, três eu não queria, quatro a gente está no meio de uma PANDEMIA. Eu não alterei a voz em nem um momento da história, tentei me manter calma enquanto ele e a Corna falavam que era porque eu assistia anime. Fiquei tentando explicar que não dava que eu estava de castigo e eu não vejo tanto anime, Berdinazo começou a falar que não têm mv sem coreografia, sendo que a gente nem tinha terminado os vocais, a Corna falou que foi bom eu ter perdido os meus eletrônicos, eles começaram a me fazer sentir culpada, eu pedi desculpas falando: " Desculpa eu ñ queria atrasar, eu sei q a maioria das vezes é a minha culpa, eu sei que geral tá puto comigo" depois dessa mensagem que eu mandei eu comecei a chorar e foi aí que eu percebi quanto essa amizade tava me fazendo mal. Eu saí do grupo de música falando o seguinte: " olha, eu não tô mais gostando, vocês estão ficando putos comigo por causa disso e tal, eu tenho o direito de falar o seguinte eu quero sair sendo sincera minha agenda não tá batendo com a de vocês, eu não tô mais afim e vocês vão ficar putos porque: aí agora que agente tava briga com a 'Yui' a 'Yui' vai sair do grupo. mais não, não é só por isso. Eu só sei que eu vou sair do grupo hoje e é isso tchau galera. Espero que vocês não fiquem putos comigo, ok? Isso é uma decisão minha por favor nao fiquem bravos isso não é uma desistência da nossa amizade apenas uma vontade minha de sair deste grupo." Após isso eu mandei uma mensagem pro Berdinazo. "Ei, be vou me afastar por um tempo indeterminado de vcs. Desculpa e tal, mas eu preciso respirar um pouco." A resposta dele foi uma figurinha e "Aí drama" eu o respondi com: "um dos motivos é esse vc acha que eu exagero tudo" ele respondeu "todo mundo acha kkkk" Minhas últimas mensagem pra ele foram: Isso realmente me incomoda eu nunca ser levada a sério. Vc já me fez chorar 15 vezes esse ano vc acha que isso é normal?! Eu só quero um tempo ok?" Alguns dias depois o menino me mandou mensagem falando que eu ia voltar eu respondi que não ia e falei que o grupo estava me fazendo mal. No dia seguinte eu contei toda a história para uma amiga que passou por quase a mesma coisa que eu. Ela mandou mensagem para TODOS do grupo, xingando Berdinazo, conversando com Magali e a Corna. No fim ele me perguntou pra quem mais eu tinha falado a história, eu acabei falando que foi para apenas o grupinho da tarde e a amiga que "falou com ele". Mesmo que eu tenha terminado a amizade com ele, eu me sinto mal e já pensei em voltar. Esse acontecimento vai excluí-lo de alguns eventos que as minhas amigas vão fazer quando a quarentena acabar. Eu realmente me sinto mal por isso, eu realmente não queria acabar com a felicidade dele.
Sou babaca por sair do grupo de música e quase isolar o garoto?
submitted by littledremer to EuSouOBabaca [link] [comments]


2020.08.28 04:09 Howlitte Como assim você RECLAMA quando te dão BAN sem motivo? Inadmissível!

olá Luba, Editores, Turma, Falecidos Papelões, Gatas, Portas, Armários, Torneiras e afins. Hoje, estamos (sim, "estamos". É mais de uma pessoa organizando esse post) aqui para compartilhar uma história de angústia, desprezo, ódio, com talvez um pouquinho de amor. Um detalhe: a história é beeem grande e têm vários detalhes, então, preste atenção.
No começo do ano, em Janeiro, nós tínhamos um grupo de amigos bem divertido. Pra não usar os nomes reais dos envolvidos (além de nós), vamos usar alguns fictícios: Emílio, Laura, Renato, Enzo e Iago. Pra dar um pouco de contexto pra história, todos nós já éramos amigos desde 2017, e a gente era até que bem unido. Fazíamos call todos os dias pelo Discord, e era bem legal, ríamos bastante, enfim. Mas lá pra setembro de 2019, eu (How) resolvi sair daquele grupo, dei block em geral e sumi da internet (hoje eu vejo que isso foi nada a ver, mas na época eu sentia que precisava fazer isso). No exato primeiro dia de Janeiro desse ano, eu havia voltado. Tinha dado unblock na Lógica, uma amiga minha que fazia parte desse grupo, ela disse que sentia muita saudade, me senti bem mal com isso, pensando em como eu não deveria ter feito aquilo. Também dei unblock no Emílio, que era o meu melhor amigo daquele grupo inteiro. Então eles dois mandaram eu criar uma conta no Discord (tinha perdido e-mail e senha da antiga), aí eles me adicionaram num server e num chat. Tinha dois guris novos no grupo: A Laura e o Enzo. A Laura até que era legal, eu só não curtia muito o Enzo, mas eu não falava nada nem fazia confusão (ele é tipo aqueles "sadboys" que ficam fazendo drama por tudo, sabe?). Mas no dia em que entrei no servidor, a gente tava numa call brincando com bots. E nessa call, todos nós estávamos abusando do poder de administrador, ensurdecendo e mutando (a gente era de boa, todo mundo tava fazendo isso com todo mundo e ninguém tava reclamando). Até que a Samanta, que era nova no grupo pra mim, tinha mutado o Enzo. Ele já estava mutado, e todos estavam fazendo isso, e ela resolveu envolver ele na brincadeira, mas aí ele saiu da call. Xingou todo mundo e saiu do server, daí eu já imaginei que não era um cara muito legal. Depois deste ocorrido, uns dois dias depois, a Samanta foi banida do server por nada. O Iago, que era dono do server, tinha feito uma votação entre nós quatro (Eu, Laura, Emílio e Renato). Eu falei que não era pra banir, pois eu não conhecia ela o bastante e porque ela não fez nada. Os três votaram em sim, que deveria banir ela, eu perguntei o porquê, eles disseram que ela era chata e por isso deveria ser banida. Ainda acho isso extremamente injusto. Tinha achado aquilo muito estranho, eles não eram de ficar tirando os amigos do grupo por um caso nada a ver.
Enfim, esse foi só o contexto. Lá pra 27 ou 26 de janeiro, eu estava conversando com a Lógica, enquanto os outros estavam em call jogando Brawlhalla. Eu tinha achado estranho o Enzo estar na call junto à eles, porque uma semana antes, ele havia dito que não poderia participar mais do chat. Tinha saído sem mais nem menos. No momento eu tinha achado que era um dos dramas dele, mas foi porque ele ia no trabalho com a mãe, e ficavam ligando pra ele. Então eu fui perguntar a Laura do por que o retorno dele (eu tinha perguntado sem grosseria ou algo do tipo, eu só queria saber se ele já podia participar das calls ou estava de férias) e então ela disse:
Eu realmente tinha perguntado sem confusão nenhuma, mas ela devia ter achado que eu não queria ele presente, porque ela sabe que eu já tinha dito ao japonês que eu não gostava do Enzo por conta de outras coisas. Mas eu só tinha dito mesmo. Daí eu deixei isso pra lá e entrei na call que estavam fazendo. Daí o Emílio, a Laura e o Renato saíram e todo mundo tinha ficado calado, como se o discord havia bugado. E então o chat sumiu para mim. Eu disse pra Lógica que o chat tinha bugado pra mim, daí ela pediu para eu entrar na conta dela pra ver uma mensagem do Emílio. A mensagem dizia:
Minha reação na hora foi só fechar o Discord e passar horas chorando sem saber o que fazer. Nem havia me dado conta que meus próprios amigos quiseram me tirar do grupo por nada.
No dia seguinte, o Lógica tinha conversado com o Emílio para entender o que tinha acontecido. Ela me mandou as prints que eram assim:
https://imgur.com/a/HcmPZxE
Primeira imagem: Eu nunca chamei "todo mundo de hipócrita". Apenas chamei ele e o Renato de hipócritas por estarem me banindo do chat acada 5 minutos (Sem exagero nenhum). E eu também não falei mal de todo mundo. Como eu disse, apenas perguntei do porquê a volta do Enzo e óbvio que ele tirou isso do contexto.
Segunda imagem: Renato era o líder do grupo, então Emílio e Laura pediam para me banir, e assim ele fazia. Sim, o Emílio pedi para me banir e depois ele vem dessa de "Quem bane é ele, não eu!"
Daí essa conversa acaba com o Emílio dando block na Lógica. Exatamente, ela não pode utilizar seus super argumentos! Mas daí ela foi terminar a conversa com ele pelo insta. Logo no começo ele começou a dizer que estava arrependido. Depois ele seguiu dizendo que nada foi culpa dele e que ele só "seguiu na onda dos outros" e que eles mandaram que ele fizesse isso. Também pediu múltiplas vezes desculpas pra Lógica (Sei que parece meio estranho ele estar pedindo desculpas pra ela, já que ele só fez coisa comigo. Mas na verdade, antes da briga começar, ele espalhou foto uma foto dela quando ela pediu que não mandasse. Daí ele falou que queria recomeçar tudo do zero, recomeçar a amizade com todo mundo... eu esperei uma semana pra isso acontecer, e ainda eu tive que ir falar com ele, porque ele nunca cumpre com a palavra.Depois dessa conversa da Lógica no insta, eu falei com o Hiyusaki, que fazia pate do grupo e não sabia o que tinha acontecido, ele falou que concordava comigo e saiu do grupo do Emílio junto com a Lógica. Enfim, fui banido do círculo por não ser amiguinho do Enzo. Exato, o Emílio é um ditador que queria forçar minha amizade com um cara aleatório que eu não gostava, mas NUNCA fiz confusão.
Bem, esse foi "só" o início da história, ainda tem bem mais sapecagens de nosso querido Emílio. Se QuIsErEm QuE cOnTiNuEm, DêEm LiKe No VíDeO gAlErA.
submitted by Howlitte to TurmaFeira [link] [comments]


2020.08.17 05:18 DemonFranco Vivi por 20 anos preso em minha própria melancolia.

Olá, comunidade do Reddit! Esse é meu primeiro post aqui :) Meu intuito neste, especificamente, é conseguir pelo menos um pouco de calor humano (metaforicamente, claro) pois sinto que minhas feridas nunca foram cicatrizadas, desde a primeira delas.
Bom, pra começar minha história: minha infância foi marcada por conturbações no casamento de meus pais. A diferença de personalidade dos dois gerou brigas cada vez mais pesadas e incontroláveis. Chegaram ao ponto que já não existia mais companheirismo e meu pai começou a beber e trair minha mãe. Me recordo vividamente de cenas terríveis, como ele estar horas no banho a horas e quando entro pra ver se está bem, na verdade ainda estava de roupa e dormindo no chão molhado. Ou até momentos de alteração violenta onde, por medo, eu me trancava no quarto e ficava debaixo da coberta até o dia seguinte depois que ele saía pra trabalhar. Nunca fui violentado fisicamente (minha mãe, infelizmente, sim), mas acho que meu pai estava tão perdido dentro de si que esqueceu que tinha um filho, então eram raras as vezes que sequer trocávamos olhares ou palavras, e quando acontecia era frio e passageiro. Pra tornar tudo ainda mais tenso, nossa situação financeira nunca foi boa: vivíamos peregrinando entre aluguéis mais baratos, acumulando prestações não pagas e até mesmo alimento chegava a ser escasso. Minha válvula de escape eram meus avós, que moravam na mesma cidade e sempre me acolhiam com mimos. Meu avô, entretanto, morreu quando eu tinha 9 anos e isso foi um impacto enorme que passou despercebido: minha avó entrou em uma depressão que foi negligenciada até o ano passado (2019), quando finalmente tomou a atitude de visitar um psiquiatra e foi diagnosticada. As brigas entre meus pais cessaram, mas isso foi ainda pior pois os problemas que já existiam continuaram a crescer em silêncio. Eu não recebi diagnóstico algum, até porque sempre fugi dos psicólogos em que me jogavam, mas o efeito também foi claro em mim: emagreci quilos em semanas, já não tinha mais vontade de fazer a mais simples das tarefas como cortar cabelo ou sair na rua, me tornei cada dia mais introvertido. Alguns anos depois, meus pais enfim se separaram, mas antes me deram duas irmãs e um irmão (as únicas pessoas a quem posso dizer com sinceridade sentir amor incondicional). A esse ponto, eu me vidrava em videogames e mentia pra mim mesmo sobre a realidade que eu vivia e não queria aceitar.
Essa foi, digamos, a "primeira temporada" da minha história. A segunda foi marcada pela péssima e mal executada decisão de me declarar a uma garota por quem, desde moleque, fui apaixonado, mesmo sendo que não tínhamos nem amizade. Tudo o que eu tinha era um sentimento inexplicavelmente forte, e nenhum tipo de habilidade social pra sequer chegar nela com um simples papo agradável. Porém, ela aceitou meu pedido de namoro. E isso me destruiu, porque na verdade ela queria dizer não, só não disse por """"medo de me magoar"""" e revelou isso depois de 2 anos me iludindo com histórias do tipo "meus pais não me deixam namorar, tenho que focar na escola", etc. Enfim segui minha vida tentando, sem sucesso, superá-la. Felizmente, apesar de introvertido, dois de meus primos viraram meus amigos próximos e isso me ajudou a segurar todo aquele peso de sentimentos que eu não compreendia e mal sabia que tinha. Vivemos anos sendo os nerdolas da escola, sempre juntos e com mais ninguém, até que um desses primos se incomodou com esse estilo de vida (e com razão) e começou a fazer novas amizades; eu e meu outro primo resistimos a isso, o que o separou da gente. Continuamos sendo introvertidos até o penúltimo ano da escola, quando ele também se afastou de mim aos poucos sem razão aparente (hoje, depois de conversarmos, eu sei que era porque não tínhamos mais muito a ver como antes). Meu outro primo, agora extrovertido, se adequou à grande turma da escola facilmente e não demorou pra ficar popular - felizmente pra mim, isso não subiu à cabeça dele e continuamos ótimos amigos até hoje. Ainda nessa época, conheci na internet uma garota de São Paulo que, com uns bons meses de conversa, acabou desenvolvendo sentimentos por mim; eu, carente e introvertido, abracei isso com todas minhas forças e namoramos virtualmente, com vários vai e volta, durante 3 anos. Apesar de que eu me sentia melhor em ser desejado por alguém, essa garota também tinha sérios problemas com depressão e no final só puxamos o pior um do outro. Minha única conquista nessa época foi meu primeiro emprego, da onde tirei dinheiro para ir visitá-la.
E é aqui que eu considero ser a "terceira temporada". Viajei pra SP e passei quatro dias junto com a garota que por 3 anos desejei somente por fotos e vídeos. Mas quando voltei pra casa as coisas já não eram as mesmas: ela só me dava respostas evasivas e ríspidas, parecia até mesmo ter raiva de mim, sendo que, em minha visão, tínhamos conquistado outro nível em nosso relacionamento. Mas ela obviamente não pensava assim e terminou tudo com a seguinte frase: "Estou tirando as pessoas tóxicas da minha vida". Foi esse o estopim pra eu decidir ser extrovertido e começar a viver fora de meu quarto, e eu tive resultados rápidos: fiz novas amizades e até comecei um novo namoro, agora presencial com uma garota que realmente me admirava. Porém, fui perceber tardiamente que pouquíssimas dessas amizades me faziam bem - a mais danosa delas foi a de um feiticeiro três vezes mais problemático do que eu. Como sempre fui uma pessoa muito compreensiva e aberta, relevei seus defeitos gritantes e mantive a ''amizade'' pelo conhecimento esotérico que ele passava (por mais que grande parte deste conhecimento fossem delírios de grandeza de um feiticeiro egomaníaco). Depois de dois anos meu próprio corpo começou a recusar a presença desse sujeito, que insistia sempre em me acompanhar mesmo quando não era conveniente: comecei a ter constantes dores de cabeça quando estava em sua presença, meio que como um aviso do que já era óbvio: aquele cara não prestava. Aos poucos comecei a me aproximar mais da minha namorada e outros amigos como método de me afastar do sujeito, e curiosamente (ou não...), essas pessoas foram abruptamente saindo da minha vida, incluindo minha namorada (agora ex), que era a pessoa em quem eu mais confiava e me dedicava. Ainda inocente e o chamando de amigo, nunca imaginaria que ele poderia ter relação com tudo aquilo, mas não parou por aí: depois que a poeira abaixou e eu consegui superar toda aquela maré estranha de azar, ele ainda usou o nome de minha deusa pra me iludir e usar meu corpo (sendo essa deusa relacionada ao luxo e ao sexo, era um contexto perfeito pra ele). Eventualmente descobri que não fui sua primeira vítima, e toda a imagem de sacerdote sábio que ele outrora passou, do dia pra noite, virou nada mais que um charlatão desesperado. Essa foi a separação mais problemática de todas que eu já tive, pois enquanto eu me afastava cada vez mais, o ego ferido do sujeito nunca deixaria tal afronta passar em branco, e recebi cargas de energia pesada nos meses seguintes. 2019/2020 caprichou muito bem no quesito de desgraças, pois minha mãe, extremamente cabeça dura e ignorante, agora se recusa a trabalhar fichada mesmo sendo que tem três crianças pra sustentar, meu pai passa por cirurgias seríssimas pois contraiu câncer maligno no fígado e isso não deixou de atingir minha vó ainda viva, que tem problemas de coração e toma mais de 300 remédios por mês (palavras dela).
E agora aqui estou eu, solteiro, enganado pela maioria daqueles que chamei de amigos, com uma provável depressão mal resolvida e uma família abalada desde os primórdios de meu nascimento. Felizmente não tenho problemas com autoestima, o que já ajuda muito, mas ao mesmo tempo não tenho motivação em fazer nada que não seja sonhar com uma vida simples, leve e longe de tudo daqui. Hoje, especificamente, está sendo um dia difícil pois minha ficha caiu e tomei consciência da minha situação - chorei muito, escondido. Mas decidi fazer algo a respeito por mais simples que seja: criei uma conta na Twitch.tv pra criar conexões com outras pessoas enquanto jogo, e também este post como o maior desabafo que já fiz na vida. Na verdade, só de ter escrito tudo isso e lido logo após já estou melhor. Mas ainda me sinto sozinho e desamparado, não consigo buscar ajuda com meus familiares pois nunca fui de me abrir pra eles, nem ajuda profissional por falta de dinheiro, e depois de todas essas quebras de confiança fiquei extremamente seletivo a quem eu quero do meu lado, sobrando dois/três amigos com quem posso conversar (e mesmo assim somente meu primo que convive comigo desde criança sabe de toda minha história).
Quem estiver disposto a trocar experiencias e conversar, simplesmente por conversar, ficaria muito grato!
Gratidão a todos que, mesmo não enviando uma mensagem, leram até o final com atenção.
Blessed be. :)
submitted by DemonFranco to desabafos [link] [comments]


2020.08.12 18:31 dashhrafa1 ULTIMATE COPI DO ADULTO NEY

🙏 CÍRCULO DE ORAÇÃO 🙏 🕯 🕯 🕯 🕯 🕯 🕯 Proteger Adulto Ney 🕯 da lesao 🕯 🕯 🕯 🕯
Quem é Neymar Jr? Para o cego, é a luz. Para o faminto, é o pão. Para o sedento, é a fonte de água. Para o morto, é a vida. Para o enfermo, é a cura. Para o prisioneiro, é a liberdade. Para o solitário, é o companheiro. Para o viajante, é o caminho. Para mim, é tudo. Se o Neymar acha, eu concordo. Se o Neymar fala, eu escuto. Se o Neymar erra, eu perdoo. Se o Neymar pensa, eu admiro. Se o Neymar tem 100 fãs, eu sou um deles. Se o Neymar tem 10 fãs, eu sou um deles. Se o Neymar tem 1 fã, eu sou esse fã. Se o Neymar não tem fãs, eu não existo. ‪📂Documentos📂‬ ‪ └📂Futebol ‪ └📂Jogadores ‪ └📂Neymar ‪ └📂 Defeitos ‪ └🚫Pasta Vazia‬ Dono do post: Neymar: Santos Campeonato Paulista: 2010, 2011 e 2012 Copa do Brasil: 2010 Copa Libertadores da América: 2011 Recopa Sul-Americana: 2012 Barcelona Supercopa da Espanha: 2013 e 2016 Campeonato Espanhol: 2014–15 e 2015–16 Copa do Rei: 2014–15, 2015–16 e 2016–17 Liga dos Campeões da UEFA: 2014–15 Supercopa da UEFA: 2015 Copa do Mundo de Clubes da FIFA: 2015 Paris Saint-Germain Campeonato Francês: 2017–18, 2018–19, 2019–20 Copa da França: 2017–18 Copa da Liga Francesa: 2017–18 Supercopa da França: 2018 Seleção Brasileira Campeonato Sul-Americano Sub-20: 2011 Superclássico das Américas: 2011, 2012, 2014 e 2018 Medalha de Prata nos Jogos Olímpicos de Londres 2012 Copa das Confederações: 2013 Medalha de Ouro nos Jogos Olímpicos do Rio 2016 Artilharias Liga dos Campeões de 2014–15: 10 gols em 12 jogos Copa do Rei de 2014-15: 7 gols em 6 jogos Chuteira de Bronze da Copa do Mundo de 2014: 4 gols em 5 jogos Chuteira de Bronze da Copa das Confederações de 2013: 4 gols em 5 jogos Superclássico das Américas de 2011: 1 gol em 2 jogos Sul-Americano Sub-20 de 2011: 9 gols em 7 jogos Copa Libertadores da América de 2012: 8 gols em 12 jogos Recopa Sul-Americana de 2012: 1 gol em 2 jogos Copa do Brasil de 2010: 11 gols em 8 jogos Campeonato Paulista de 2012: 20 gols em 16 jogos Filmografia 2010 Malhação 2013 Carrossel 2013 Amor a vida 2014 Neymar Jr. (Turma da Mônica) 2015 A Regra do Jogo 2017 XXx: The Return of Xander Cage 2017 Os Parças 2019 La casa de papel.
Você recebeu o vale Gol do Neymar ╭╴╴╴╴╴✁ ╴╴╴╮ Neymar ┆ ╰╴╴╴╴✃ ╴╴╴╴╯
Repasse para o Neymar fazer gol hoje.
Vc viu 😧a briga 🙈que teve😱 na frente 😮da sua 😬casa ontem😆? Não😦 viu? 3 anjos👼 lutando 😍para dar a Champions league 🏆 ao ADULTO NEY 🇧🇷POR FAVOR se você crê 🙏🏼 em Neymar 🙏🏼 encaminhe esta mensagem ✉ QUARTA vais ter uma boa notícia!!! NÃO IGNORE🛑
🇧🇷 mano só vou falar uma vez, insulta o neymar denovo e eu irei incendiar sua residência com sua família inteira dentro, e depois vou enterrar os corpos deles, mas deixarei você vivo, com a dor da perda, pra refletir se realmente vale a pena insultar o neymar, é só um aviso👍🏽😡😡👉🏽👈🏽
🇪🇸 hermano, solo voy a hablar una vez, insultar a Neymar de nuevo y quemaré tu residencia con toda tu familia adentro, y luego enterraré sus cuerpos, pero te dejaré con vida, con el dolor de la pérdida, para reflexionar sobre si realmente vale la pena insultar Neymar, es solo una advertencia👍🏽😡😡👉🏽👈🏽
🇬🇧 bro I’m only going to speak once, insult neymar again and I’m going to burn down your residence with your whole family inside, and then I’m going to bury their bodies, but I’ll leave you alive, with the pain of loss, to reflect on whether it’s really worth insulting neymar, it's just a warning👍🏽😡😡👉🏽👈🏽
🇩🇪 bro Ich werde nur einmal sprechen, Neymar erneut beleidigen und ich werde deine Wohnung mit deiner ganzen Familie niederbrennen und dann werde ich ihre Körper begraben, aber ich werde dich mit dem Schmerz des Verlustes am Leben lassen, um darüber nachzudenken, ob es wirklich eine Beleidigung wert ist Neymar, es ist nur eine Warnung
🇷🇺 брат, я собираюсь говорить только один раз, снова оскорблять Неймара, и я подожгу ваш дом всей вашей семьей внутри, а затем я собираюсь похоронить их тела, но я оставлю вас в живых с болью потери, чтобы подумать о том, стоит ли на самом деле оскорблять неймар, это просто предупреждение👍🏽😡😡👉🏽👈🏽
🇸🇦 أخي ، سأتحدث مرة واحدة فقط ، وأهين نيمار مرة أخرى ، وسأحرق مسكنك مع جميع أفراد أسرتك في الداخل ، وبعد ذلك سوف أدفن أجسادهم ، ولكن سأتركك على قيد الحياة ، مع ألم الخسارة ، للتفكير فيما إذا كان الأمر يستحق الإهانة حقًا نيمار ، إنه مجرد تحذير
🇮🇹 fratello parlerò solo una volta, insulterò di nuovo Neymar e brucerò la tua residenza con tutta la tua famiglia dentro, e poi seppellirò i loro corpi, ma ti lascerò vivo, con il dolore della perdita, per riflettere se vale davvero la pena insultare neymar, è solo un avvertimento👍🏽😡😡👉🏽👈🏽
🇯🇵 ブロ私は1回だけ話すつもりで、もう一度neymarを侮辱し、家族全員で家を燃やしてから、私は彼らの遺体を埋めますが、私はあなたを失った痛みで生き残し、それが本当に侮辱する価値があるかどうかを振り返ります neymar、それは単なる警告です👍🏽😡😡👉🏽👈🏽
🇳🇱 bro ik ga maar één keer spreken, beledig neymar opnieuw en ik ga je woning platbranden met je hele gezin erin, en dan ga ik hun lichamen begraven, maar ik laat je in leven, met de pijn van verlies, om na te denken of het echt de moeite waard is om te beledigen neymar, het is maar een waarschuwing👍🏽😡😡👉🏽👈🏽
🇭🇺 testvérem, csak egyszer beszélni fogok, újra sértem a Neymar-t, és tüzet fogok égetni az egész családoddal együtt, majd eltemettem a testüket, de életben hagyom, a veszteség fájdalmával, hogy elgondolkozzon, vajon tényleg érdemes-e sérteni. neymar, ez csak egy figyelmeztetés👍🏽😡😡👉🏽👈🏽
🇨🇳 兄弟,我只想發言一次,再次侮辱內馬爾,我要燒掉你的住所,讓你的整個家庭都在裡面,然後我要埋葬他們的遺體,但我會帶著失去的痛苦活著,讓我思考一下是否真的值得侮辱 內馬爾,這只是一個警告👍🏽😡😡👉🏽👈🏽
🇫🇷 fr.Je vais seulement parler une fois, insulter à nouveau Neymar et je vais incendier votre résidence avec toute votre famille à l'intérieur, puis je vais enterrer leurs corps, mais je vais vous laisser en vie, avec la douleur de la perte, pour réfléchir si cela vaut vraiment la peine d'être insulté neymar, c'est juste un avertissement👍🏽😡😡👉🏽👈🏽
submitted by dashhrafa1 to Copicola [link] [comments]


2020.07.26 23:47 rpdfo Cheguei no fundo do poço e estou me afogando

Meus últimos 4 anos tem sido os piores de toda a minha vida.
2016 Levei um golpe no meu ecommerce e quebrei.
Quando acaba o dinheiro, acabam os amigos, acaba a família e acaba o amor.
Terminei um relacionamento de 9 anos por causa de traição (não tem como pegar dst do ar).
2017 Minha casa foi invadida e levaram até o que eu tinha na geladeira.
2018 Só arrumei emprego bosta. Cheguei a passar fome. Acabei virando usuário de cocaína e me afundei mais um pouco.
2019 Parei de usar drogas e arrumei um emprego razoável.
2020 Em abril meu pai morreu. (Minha mãe faleceu quando eu tinha 9 anos e isso faz muito tempo)
Perdi o emprego na semana passada e na quinta-feira capotei o meu carro. Tentei me matar, mas descobri que o corpo é muito mais resistente do que eu esperava. O carro rodou um bocado de vezes e bati de frente com um portão de um prédio. Não feri ninguém, só a mim mesmo.
Já cansei de pedir ajuda para a minha família, mas todo mundo me trata como um louco. Sou totalmente dependente emocional e por causa disso, todo mundo que eu me aproximei até agora só está ligando para aquilo que eu posso proporcionar e depois some.
Não estou conseguindo mais me relacionar. Até tenho medo.
Comecei a questionar a minha realidade hoje e com o mínimo de noção que me resta, resolvi mandar essa mensagem.
A internet e seu "anonimato" é mais afável que minha família ou os "amigos" que eu tenho.
A única pessoa que era meu suporte emocional faleceu.
Não sei mais o que eu possa fazer.
É isso aí, uma boa noite a todos.
submitted by rpdfo to desabafos [link] [comments]


2020.06.23 09:30 geo_chan_uwu Ele correu atrás de mim durante o ano inteiro e quando conseguiu o que queria... terminou comigo.

Olá Luba, editores e pessoas em geral que estão a ver esse post, (RESPEITEM A QUARENTENA) Vim aqui para destacar a minha imensa indignação por um garoto que era apaixonada e hoje só quero quebrar a cara.
Isso tudo iniciou-se no ano de 2019 quando eu estava me recuperando de um término conturbado e vários problemas pessoais,foi então que me chamaram para um evento da igreja (Eu precisava me distrair,estava mentalmente esgotada,então acabei aceitando). O evento durava TREIX dias (até ai tudo bem),mas no segundo dia houve uma apresentação sobre a comunidade LGBT e como isso era contra a igreja (detalhe não tão importante para a história: sou bi) e após isso fizeram com que nos uníssemos em grupos e lá eu conheci o segundo maior erro da minha vida,vamos chamá-lo de CARLS; No final da apresentation,o menino e eu ficamos batendo papo como quem não quer nada até que acabamos trocando os nossos números. No terceiro e último dia,após a finalização do evento,CARLS apresentou-se para minha mãe e acabou nos acompanhando até em casa.
O tempo passou e ficamos um tempo sem nos falar,mas do nada voltamos e isso durou tanto tempo que acabei me acostumando com a presença dele em minha vida....CARLS me levava em casa,me levava ao curso,me ajudava com física....para resumir ele era o boy magia que eu sempre quis. Um dia ele se convidou para me buscar no colégio e quando estávamos indo embora ele tirou um anel do bolso e me pediu em namoro (é agora que a desgraça começa,meus amigos). Eu fiquei meio em choque,então pedi um tempo para pensar (clássico). Só para constar: pensar para mim significa chamar as friends e surtar analisar com elas a situação,após feito isso,a trouxa aqui mandou uma cartinha estilo "Para todos os garotos que já amei" e o aceitei em namoro.
AGORA PULAMOS PARA A PARTE EM QUE O AMOR DEIXA DE SER BELO E SE TORNA UM INFERNO:
Em pouco tempo de namoro ele começou a fazer algumas exigências como mudar meu jeito agitado para ser mais quieta e recatada,até ai eu aceitei,afinal quem nunca mudou algo em si para satisfazer o parceiro? Mas isso não era tudo,Carls era extremamente ciumento (no começo pq depois ele me largou de lado),ninguém podia sequer olhar para mim que ele ficava todo rabugento comigo o dia inteiro... EU NEM SEQUER PODIA SAIR COM AS MINHAS AMIGAS SEM ELE caso ao contrário ele ficava chateado e como me importava muito com ele eu não saía com elas sem o bendito,o que FARLS,minha melhor amiga, muito irritada e com uma pulga atrás da orelha em relação a ele.
O relacionamento chegou ao limite quando o Carls chegou em minha HUMILDE residência e chamou meus pais para conversar dizendo o seguinte: "Senhor Trals,a atitude infantil de MOLEQUE (Ele usou esta exata palavra pq dizia que via meu pai como uma criança) que o senhor acaba transmitindo para a sua filha acaba a afetando e eu acho que o senhor deveria ser mais sério,ser o homem da casa."
ELE TAMBÉM FALOU NA CARA DOS MEUS PAIS QUE EU OS ODIAVA.
Meu pai ficou tão irritado que jogou a garrafa no chão e saiu de casa e para piorar o CARLS foi atrás dele para continuar mostrando sua visão sobre o meu pai e suas atitudes em relação a mim (Eu estava tão assustada que não conseguia falar ou sequer defender o meu pai;fiquei com tanta raiva de Carls por ter dito tantas coisas desnecessárias e fiquei ainda mais rancorosa com ele quando o meu pai veio me perguntar CHORANDO se eu não o amava mais)
Eu obviamente não queria mais falar ou sequer olhar para Carls e ele exigia que eu passasse mais tempo com ele (mesmo depois do que o DESGRAÇADO fez e mesmo que estivéssemos em quarentena) sendo que ele mesmo dizia,quando eu ligava,que preferia ficar SOZINHO...
As coisas finalmente chegaram ao fim de fato no dia 21/06/2020,quando ele me mandou um print de uma conversa que estava tendo com algum amigo falando que não estava sentindo a mesma coisa que eu (no caso oq eu estava sentindo era ódio,mas tudo bem),então eu liguei para ele e nós começamos a falar sobre o assunto,foi ai que ele falou da seguinte maneira: "EU ESTOU COMEÇANDO A ACHAR QUE O QUE A MINHA MADRINHA ME DISSE SOBRE VOCÊ NÃO ME MERECER É REAL." (Nesse momento eu fiquei em prantos *nota da amiga que está escrevendo:prantos significa que ela ficou me mandando áudio chorando e fez com que eu me queimasse de tanta preocupação*)
Observação da amiga Farls parte 2: ELE TINHA 18 anos e ela 15 QUANDO COMEÇARAM A NAMORAR e hoje a amiga maravilhosa que está escrevendo (brink's) recebeu uma mensagem do BENDITO CARLS e devido a isso a senhorita que sofreu todo esse drama de telenovela mandou um áudio muito "amigável" para ele *segue os prints - estão na ordem* https://imgur.com/lkiRCDz - https://imgur.com/JwrdcDU - https://imgur.com/mCugeOX - https://imgur.com/oLjeZlf (e só para lembrar,enquanto estavam em ligação ele a instigou a terminar com ele pq ele mesmo não tinha CULHÕES para terminar com ela!Ele a fez parecer como a culpada da história e agora fica mandando mensagem para todos os nossos amigos dizendo que ainda não acabou e que quer falar com ela mesmo ela tendo dito antes de bloqueá-lo que se ele quisesse falar mais alguma coisa deveria falar naquela hora,pois não haveria mais chances.
submitted by geo_chan_uwu to TurmaFeira [link] [comments]


2020.06.21 18:26 JaoEvJoo Ainda te amo?

Olá, turma/chat/nãosei!Essa história é longa e é uma história de amor e uma saída do armário.Antes de eu começar é bom que vocês já saibam de algumas coisas:eu sou um garoto bissexual, tenho 16 anos porém tudo se passou quando eu tinha 15, o início se passou em Novembro de 2019 numa época que eu ainda não era assumido para meus pais.
Como já disse anteriormente, tudo se iniciou em novembro de 2019. Num dia em que aconteceria um evento geek promovido por um escola particular aqui da minha cidade. A inscrição era gratuita, então eu fui junto à uma amiga que irei chamar de "Farls" e lá nos encontramos com o restante de nossos amigos. Como estávamos em muitos, acabamos que nos dividimos em alguns grupos menores, mas isso é irrelevante.
Assim que eu me encontrei com uma outra amiga que vou chamá-la de "Kerls", percebi que ela estava acompanhada de mais 2 garotos que eu não conhecia. Nos cumprimentamos e ela nos apresentou. Um se chamava Paulo e o outro Carlos (obs: são nomes fictícios) eu e o Paulo trocamos aqueles olhares profundos e rolou uma certa química ali. Logo após, a Kerls disse-me que os dois também eram bissexuais. Porém, o Carlos que me chamou para conversar dizendo que me conhecia de uma antiga escola que eu havia estudado no ano de 2018. Eu não conseguia me lembrar dele até porque minha atenção estava completamente voltada ao Paulo. Depois de uns 5 minutos de conversa, Kerls e os dois meninos foram passear.
Eu comentei com Farls que tinha achado o Paulo extremamente bonito e nós ficamos papeando sobre ele. Depois de um tempo, quase no final da tarde, eu recebo uma mensagem de voz de um número não salvo. Rapidamente, fui ver do que se tratava e para minha surpresa o número era do Paulo, eu soube pois olhei a foto de perfil e o reconheci. Então, eu escutei o áudio e não era ele, e sim a Kerls nos chamando para ir para um parque que havia lá perto. Disse que nós não podíamos ir pois meus pais já estavam quase indo nos buscar. Após isso, Farls pegou meu telefone e enviou um outro áudio redirecionado à Paulo, dizendo que eu queria ter ficado com ele. Eu autorizei meio relutante pois queria saber no que isso poderia dar.
Depois de umas horas, quando eu já estava em casa, eu recebo uma mensagem de Paulo dizendo que eu poderia ter falado com ele caso eu quisesse ter ficado. Após isso, iniciamos uma conversa que teve horas de duração sobre vários diversos assuntos. Mas um deles me deixou um pouco cabisbaixo, ele me disse que tinha ficado com a Kerls e que ela era uma menina extremamente bonita e que estava bem afim dela. Eu disse que realmente era verdade, que ela era uma menina incrível, simpática e etc...
No dia seguinte eu tinha aula (o evento aconteceu num domingo). Eu fui à escola e lá me encontrei com Kerls. Nós ficamos falando sobre o Paulo e ela me disse que tinha ficado com ele, que ele era incrivelmente fofo e até mesmo que ela tinha dormido no colo dele no caminho de volta para casa no ônibus. Então como um bom amigo de Kerls e um bom recém-amigo de Paulo, resolvi tentar juntar os dois visto que aparentemente eles se faziam bem.
No dia seguinte a isto, conversando com Paulo, ele me diz que ele e Kerls estavam conversando bastante e se aprofundando muito num possível relacionamento. Fiquei feliz por eles e os fui incentivando.No mesmo dia à noite, chamei Paulo para ir à academia junto a mim e a um outro amigo que vou chamar de Pedro. (eu o chamei para ir fazer uma aula experimental.) Ele foi e lá nós conversamos bastante. Assim que finalizamos o treino ele me disse que morava um pouco longe da academia e que o pai dele havia saído após ter levado ele e não podia o buscar naquele momento. Então eu os chamei para vir para minha casa para esperar o pai dele em maior segurança. Ele veio e nós três conversamos bastante e falamos sobre diversos assuntos, um deles muito triste, ele me disse que tinha e estava passando por uma depressão terrível, que há pouco tempo teve que ficar internado por 6 meses após uma tentativa de suicídio. E que mesmo que havia pouco tempo desde que nos conhecemos, nossa amizade o estava fazendo muito bem. Poxa, eu fiquei extremamente abalado e feliz ao mesmo tempo por eu estar fazendo bem à alguém. Depois de um tempo o pai dele o buscou e ele me mandou uma mensagem muito fofa agradecendo pelo dia que tinha sido muito bom.
Depois de vários dias indo à academia conosco e logo após sempre vindo à minha casa nós criamos um laço de amizade muito forte. Até que um dia, a Kerls volta com o ex e deixa o Paulo de lado, assim o deixando arrasado, por mais que eles não tinham nada de mais, aquilo o deixou muito mal. Então, eu o fui consolar por mensagem e depois de uma grande conversa ele me disse que nem tinha criado muitos sentimentos por ter sido algo muito momentâneo e rápido. Eu insisti perguntando se tinha sido isso mesmo e perguntando se ele realmente estava bem com tudo isso. Ele me disse que sim e como uma prova de que não havia tido tais sentimentos com ela, ele ficaria comigo até porque ele já estava afim antes.Eu fiquei bem feliz com isso e logo topei. Nós marcamos de nos encontrar num evento de final de ano que teria na minha escola para a comunidade.O evento aconteceria à noite e lá nos encontramos. Assistimos as apresentações e resolvemos sair de lá. Fomos para a porta da escola e lá estava cheio de gente, então decidimos descer a rua para ali ficarmos. E lá rolou um beijo incrível na porta de uma igreja católica. (Minha escola fica de frente a esta igreja)
Depois de um bom tempo nisso, de ir à academia juntos, depois para minha casa, minha mãe começou a estranhar bastante o nosso relacionamento. E por vir de uma família extremamente tradicional e conservadora, ela criou um preconceito em cima dele. Mais pelo jeito dele e de como estávamos. (ele usava uns brincos e um piercing) (hoje em dia eu também uso brinco)
Mas teve um dia que foi a gota d'água para ela. Ela sofre de vários problemas de saúde e alguns transtornos psicológicos.Nós combinamos de ir à praça após a academia para relaxarmos e ficarmos de boa juntos. Como eu fazia academia à noite por estudar em período integral e nesse dia meu amigo Pedro não ter ido comigo por estar cansado, ela resolveu ir me buscar para eu não voltar para casa sozinho. Porém, quando ela me ligou dizendo que estava indo me buscar, eu já não estava mais na academia . E como a praça que fomos é relativamente longe, tive que voltar correndo para a academia. Mas já não daria mais tempo. Minha mãe foi à academia e perguntou ao meu treinador onde é que eu estava e ele disse que eu já tinha saído há um bom tempo e que estava acompanhado. Ela me ligou desesperada perguntando onde é que eu estava e com quem (Voltando a falar sobre seus problemas psicológicos, vale eu falar que ela é super protetora devido a ela já ter perdido um filho recém-nascido).Eu não queria dizer que eu estava com o Paulo pois ela já não estava gostando muito dele. Mas ela acabou que nos encontrou e surtou. Ela disse que eu não deveria ter feito isso com ela, que eu sabia de todos os problemas que ela tem.Ele foi embora e eu voltei para casa com ela falando muito, falando que eu poderia ter matado ela e várias outras coisas. (Inclusive este era um dos motivos de eu não me assumir à ela. Meu pai já é mais tranquilo, minha família paterna já é mais liberal e mente aberta. Inclusive minha avó é escritora, vale ressaltar pois eu tenho muito orgulho dela.) Após isso, mandei várias mensagens à ele pedindo desculpas pelo que tinha acontecido, ele disse que eu não precisava me preocupar pois não era culpa minha e que quem o devia desculpas era minha mãe, pois ela o insultou um pouco dizendo que desde que ele apareceu na minha vida eu tinha me tornado um mentiroso e tudo mais. (Nisso, já era dezembro)
Logo após tudo isso, nossa relação ficou um pouco estranha (o que já era de se esperar) nós não conversávamos mais direito, minha mãe me PROIBIU de ir à academia, ela não queria mais que ele viesse aqui para casa e nem que tivéssemos mais contato. Foi tudo péssimo.E no dia 06 de dezembro pela manhã, eu recebo uma notícia desesperadora, ele havia cortado o pulso e estava no hospital, mas seu quadro não era grave e ele estava fora de risco, mas mesmo assim, obviamente, eu fiquei desesperado. Arrumei uma forma de conseguir o número da mãe dele e nós conversamos mas não entramos no assunto "nós".
Após alguns dias internado e eu já estar tendo contato com ele pois ele estava com o telefone, ele teve alta. Mas mesmo assim, não estávamos conversando direito. Tentamos marcar algumas coisas mas tudo sem êxito.Eu sei que não estávamos conversando direito por uma grande parcela de culpa minha, pois eu estava desesperado com tudo, minha cabeça estava cheia e eu só queria saber de dormir para que todo aquele momento conturbado passasse logo. Eu estava me sentindo pressionado por alguns outros motivos pessoais que prefiro não citar e também pelo fato de eu querer me assumir mas não saber como (ele sempre me incentivou mas disse que eu deveria fazer no meu tempo, mas quanto antes, seria melhor.)
Enfim, após tudo isso, o ano virou! e entra o ano da decadência em aspectos gerais 2020.Logo no começo, nós estávamos dispostos a resolver este conflito que minha mãe tinha com ele. Eu fui lá conversar com ela perguntando os motivos e gravando tudo para enviar para ele. Pasmem, gravei uma sequência de áudios que juntos formaram mais de 40min. Mas o que discutimos foram várias coisas, inclusive sobre a sexualidade dele e o pensamento que ela tinha que envolvia questões religiosas que vocês já devem imaginar quais foram as ideias apresentadas por ela.Enfim, nós já estávamos discutindo bastante há até um tempinho desde o áudio, sobre sexualidade em geral. Ela sempre dizendo que "DeUs CrIoU o HoMi e A mUiÉ".
Depois de ter ouvido tudo, ele me enviou uma mensagem que me arrasou. Ele disse que preferia se afastar por mais que doesse, pois ele não queria causar mais nenhum problema e discussões entre eu e minha mãe. Eu fiquei desesperado, mas mesmo assim pouco insisti para ele não ir. Eu estava com a cabeça muito cheia e extremamente estressado com tudo. Isso que me machuca, eu deveria ter feito mais?
Mesmo hoje, após 6 meses que não nos falamos mais, eu ainda sinto um carinho enorme por ele e sinto que eu deveria ter feito mais por ele. Eu fiquei muito dividido. Eu até tive algumas tentativas de reaproximação, porém ele acha que é melhor assim para nós dois.
Em fevereiro desse ano, eu finalmente saí do armário, e isso foi bem graças à ele, pois mesmo que não tínhamos contato mais, ele ainda era uma fonte de forças para isso.Até hoje minha mãe não entende muito bem e apenas finge que nada aconteceu. Eu contei aos meus pais que eu tinha ficado com ele e ela ficou bem puta, disse que eu tinha traído a confiança dela em mim.Hoje, a poeira abaixou, ela ainda não aceita mas respeita. Ela inclusive foi comigo colocar o meu brinco. (Um avanço para ela)Eu não quero colocar minha mãe como a malvada, ela é muito doce e amorosa. Porém, por ter vindo de uma família tradicional e conservadora, ela ainda tem a mente fechada perante a estes assuntos.
Como disse, ainda sinto um carinho enorme por ele e sinto ainda que eu deveria ter feito mais por ele. Mas eu tinha ficado muito dividido e hoje sinto imensamente a falta dele. Não é falta de tentativa de contato, ele inclusive tinha me dito que por mais que também sentisse um carinho por mim, ele preferia apagar essa parte que foi um período dolorido de sua vida. E esse também é um dos motivos de eu não insistir mais, não quero que ele volte a pensar neste período difícil e sombrio de sua vida.Hoje, por informações de terceiros, sei que graças à Deus ele está muito bem e que seu novo tratamento está dando muito resultado. Fico muito feliz por isso e o agradeço por tudo, cada momento com ele foi muito especial para mim, e por mais que tenha sido por um período de tempo razoavelmente curto, me marcou bastante e eu com certeza o levarei para o resto de minha vida.
É isto, turma! Agradeço imensamente quem teve paciência de ler até aqui. Levei um pouco mais de 3 horas escrevendo, relembrando, bateu aquela nostalgia de algo que não voltará mais, mas que foi algo bom e muito especial, vivência e uma história para contar aqui para vocês.
submitted by JaoEvJoo to TurmaFeira [link] [comments]


2020.06.21 05:55 Shinvk Fui babaca por cortar raízes e relações com amizades de mais de 10 anos? Conflitos, novelas e tragédias.

Aviso de gatilho:
• Chantagem emocional.
• Abuso psicológico +.
• Menção a problemas de saúde mental tais como: ansiedade, depressão e +.

Primeiramente, olá Lubisco, editores, gatinhas e Turma.
Bom, a história é longa e cheia de drama então take a seat que lá vem história.
Editores, se puderem, por favor, censurar meu user, eu agradeço.
Eu sou S, F25 e os envolvidos dessa história são C - F24, G - F25, e E - M20, mas você pode chamar todo mundo de Calrs se quiser.
Pra contexto, vamos voltar alguns anos. Eu conheci a C a quinze anos atrás e nos tornamos melhores amigas desde então, well, ela era minha melhor amiga, eu era apenas mais uma no círculo infinito de amizades dela, já que ela adora colecionar cartinhas.
A G eu conheci a 10 anos atrás, e o match foi perfeito, éramos inseparáveis e honestamente, acho que tive uma crush pesada nela por todos essas 10 anos, acho não, tenho mesmo, mas isso não vem ao caso agora. Quando apresentei a G para a C, C se tornou estranhamento possessiva da G e meio que queria roubar a atenção dela totalmente, e já adianto, conseguiu. Se eu e G éramos o match perfeito, C e G eram carne e unha, inseparáveis.
Eu conheci o E a minha vida toda, praticamente, ele é primo do meu primo então em todas as reuniões de família acabávamos nos encontrando, mas nunca fomos muito próximos. Porém, no natal de 2018 acabamos ficando inseparáveis porque finalmente resolvemos conversar e percebemos que tínhamos tudo a ver um com o outro, mesmos gostos, mesmas ideologias e etc, e hoje nos perguntamos, por que não nos falamos antes? Como fomos burros hã?
Agora vamos a história, em Novembro 2018 eu me formei na universidade, me especializei na área que eu queria e estava com a vida engatilhada, recebi algumas propostas de emprego absurdamente incríveis e ainda mais, tinha planos até de sair da minha minúscula cidadezinha para tentar a vida na metrópole.
Veja bem, a vida que levei nunca foi fácil, aqui em casa sempre vivíamos com o básico, me formei com bolsa integral e se não fosse por isso, jamais teria oportunidade de fazer uma faculdade. Tenho uma vida muito simples e sonhos muito grandes. Mas nem tudo foram flores por um longo tempo, minha infância foi difícil, sofri traumas e certos tipos de abuso (os quais prefiro não mencionar aqui) que ficaram em silêncio por muitos anos, e que deixaram cicatrizes muito profundas. Tive depressão crônica por anos, tentei tirar minha própria vida algumas vezes e desenvolvi transtornos ainda piores em todo esse processo, um deles é pânico social e ataques de pânico contínuos. Tive muita dificuldade para lidar com meu passado mas de alguma forma, ao longo desses anos de faculdade, consegui me perdoar e fazer as pazes comigo mesma, e finalmente, entender que o que aconteceu comigo, não foi culpa minha. Em 2018, eu finalmente estava em paz comigo mesma, comecei a manter uma dieta mais saudável e fazer exercícios diariamente, sei que quem sofre de tais transtorno entende o quanto uma rotina dessas ajuda no processo de cura. E minha atividade preferida, era andar d bicicleta. Eu andava todos os dias, eu moro perto da cerra de Minas, o ar é maravilhoso, a vista é linda e o cheiro de terra somado com o vento no rosto quando se desce a montanha, é inigualável, e isso, me fazia feliz. Eu sou mais cega que um morcego, infelizmente, tenho mais de três graus de miopia e em um desses passeios, começou a chover muito, meu óculos embaçou e bom, você já deve imaginar, eu não enxerguei a pista e na tentativa de limpar a lente, não vi uma vala e sofri um acidente.
Geralmente meu irmão ia comigo, mas como a vida gosta de ser engraçada, naquele dia eu estava sozinha. Digamos apenas que o pneu da frente da bicicleta ficou preso na vala e eu virei 180 graus, cai de gostas e o guidão bateu com a força de uma bigorna no meu peito. Como eu estava sozinha, chovendo e pra melhorar, escurecendo, desentortei o pneu do jeito que dava, coloquei a correia de volta e voltei pra casa pedalando, quase 10km.
No dia a gente não sente, mas no dia seguinte, aaaaah meu amigo, acordei praticamente gritando de dor, em plena madrugada fiz meus pais levantarem em desespero, e para a surpresa de ninguém, quando fomos olhar, meu peito do lado direito estava praticamente preto, roxo e azul, um azul que já te digo, nem um pouco normal. Fomos pro hospital e após alguns exames, o diagnóstico foi três costelas quebradas. O médico disse que pela posição, elas calcificariam naturalmente e não precisaria de cirurgia, o que foi um alívio. Fiquei em observação e praticamente sedada em morfina por alguns dias, porém, quanto mais esses dias passavam, a dor piorava e piorava até chegar ao ponto de ser insuportável.
Meus pais marcaram outros exames, como ultrassonografia, exame de sangue e etc, e após tais, o médico da clínica disse que o trauma tinha sido severo, que meus músculos e nervos haviam absorvido completamente o impacto e bom, tive lesões extremamente severas, estiramento muscular, o tendão que se prende ao osso descolou completamente, os nervos intercostais que ficam entre as costelas tiveram ruptura, rasgaram e inflamaram, e a recuperação, disse ele, seria de 6 a 8 meses.
Para você ter uma noção, a dor, é indescritível, é de gritar e acordar chorando, não da pra respirar, não da pra andar, não da pra sentar, se movimentar, não da pra dormir. O peito parece que queima, parece que vibra de tanto que dói, as vezes acho que levar mil facadas no mesmo lugar doeria menos do que isso, e não é exagero. Eu fiquei praticamente o ano de 2019 inteiro de cama, acordava chorando dezenas de vezes por noite, as vezes chorava de exaustão e frustração porque dormir era impossível. Meus sonhos, você pergunta, todos descartados no lixo. Eu me sentia completamente entorpecida, era como um cadaver vivendo dentro de uma casca. Esse acidente literalmente acabou com a minha vida, se eu não podia sentar na mesa para almoçar com a minha família, imagina trabalhar, mudar pra outra cidade, fazer as coisas que eu sonhava? Essa experiência foi e continua sendo um inferno, porque até hoje eu estou no mesmo ponto, vivendo dia a dia com uma dor que não passa, só se aprofunda, não cura, não melhora, apenas atormenta e eu? Bom, não sobrou muito daquele eu feliz de 2018, voltei pro ponto zero.
Eu te pergunto, depois de uma experiencia dessas, depois de 1 ano e oito meses que estou vivendo esse inferno, isso não muda uma pessoa? Pois bem, muda sim.
Minha depressão voltou mais forte do que nunca, já não sentia mais vontade de fazer nada, parei de falar com as pessoas porque eu simplesmente não tinha mais forças, comecei a me isolar, a evitar contato, já não entrava mais em rede social, não sentia, não sinto, vontade de viver, de conversar de existir, e é nessas horas que a gente percebe quem realmente importa.
Meus pais e meu irmão estavam e estão do meu lado sempre, sempre que tenho febres, sempre que preciso de ajuda pra fazer alguma coisa; comer, ir de um cômodo para o outro e etc. E o 'E', o E me visita sempre que pode, vem nas férias, feriados e as vezes finais de semana, me ajuda, me distrai e é o amigo que eu não mereço, é praticamente meu outro irmão e eu agradeço a Deus até hoje por ter me dado esse presentinho mais que especial que eu amo mais que a vida. Tiveram noites que ele acordou de madrugada pra ver se eu estava com febre, computou todos os horários das minhas medicações pra me lembrar de tomar os remédios, quando ele não estava na minha casa sempre perguntava se dormi o suficiente, se comi o suficiente, se bebi água o suficiente. Ele me fez assistir Jojo inteiro e me aguentou todas as vezes que eu quis assistir Mo Dao Zu Shi de novo e de novo e de novo, tanto que agora é o anime preferido dele também e eu que sei, obrigada.
G, G foi um anjo também, ela ligava quando eu não conseguia dormir e assistia anime comigo, vinha vez ou outra e me tirava de casa, tinha toda a paciência de esperar eu andar devagar, sempre com a mão segura dentro da minha e bem, sempre perguntava se eu estava melhor, se estava bem e se precisava de alguma coisa, ela foi um amor, e dela não tenho nada a reclamar, será?
C, bom, C nunca perguntou nada, nunca quis saber como eu estava, apenas mandava mensagem quando precisava de alguma coisa, pediu que eu fizesse o design de uma tatuagem pra ela e mesmo com dor, sentei por horas e fiz, mandei pra ela e ela além de não agradecer, fez pouco caso e disse que tinha desistido de fazer. Okay, passou. C veio duas vezes pra cidade, até porque, a família dela mora aqui, ela faz faculdade em outra cidade e vez ou outra vem pra cá. Duas dessas vezes ela me chamou pra ir na casa dela, e eu idiota que sou, me arrumei e fui com dor mesmo, até porque, estava com saudades. Porém, o dizer da experiência? Uma pessoa com dor crônica involuntariamente geme toda vez que faz algum movimento, e comigo não é diferente, eu tento segurar mas as vezes o corpo responde e reage por si só, e C, ela sempre tinha uma piadinha na ponta da língua, "Nossa fia, não para de gemer não?", "Vai gemer a noite inteira? Não pode dar dois passos que geme." e caía na risada, instigando as outras amigas dela a fazerem o mesmo, e eu me sentia humilhada, e não era de menos. Da segunda vez que ela veio, ela me mandou a seguinte mensagem: "Quer vir aqui? Eu tinha chamado a Calrs, mas como ela não vai poder vir estou sozinha e entediada." e eu falei que ia, pra ela responder com "Então passa no mercado e compra pão de hambúrguer." era eu ou era o pão que ela queria a presença? Fica ai o questionamento pra vocês.
A noite prosseguiu com as mesmas piadinhas sem graças da outra vez e etc. Nunca mais mandou mensagem depois disso.
Inclusive, várias pessoas já me falaram que ela não era boa coisa, minha mãe principalmente, nunca gostou tanto dela, até meu ex, detestava ela com tudo que tinha, e eu sempre a defendi com unhas e dentes pra todo mundo que pensava em bufar um A contra ela. Até porquê, ela era minha melhor amiga.
A G, veio me ver uma noite, saímos e acabamos ficando e foi só aí que eu percebi que estava apaixonada por ela, fiquei dias juntando coragem pra confessar ou simplesmente esclarecer se poderia rolar algo ou não entre a gente, e já estávamos planejando de ficar de novo quando ela viesse da próxima vez.
No natal, as duas vieram pra minha cidade, e eu ia passar em casa com o E, já que minha família ia passar em outro lugar. O clima estava tenso passei a noite de natal com febre, deitada no sofá e praticamente evitando olhar pro E porque eu sabia que ele estava engolindo o choro, e sabe? Ele disse depois que doía me ver do jeito que eu estava e que ele simplesmente não conseguia não sentir, que se ele pudesse dividiria a dor comigo. Um anjo? Sim.
Na mesma noite recebi uma mensagem da C, perguntando se eu queria passar o dia 25 com ela e a G, elas iam subir uma trilha e passar o dia no rio, e obviamente eu respondi que não tinha condição, que se elas quisessem passar aqui em casa depois e passar a noite, a porta estava aberta, mas não, eu não podia ir, mas ela queria ir pro tal rio e tentou me convencer de todas as formas possíveis, e quando eu dei meu não definitivo, ela simplesmente não respondeu mais, e eu não me dei o trabalho de responder também. 'E' ficou revoltado e disse que a falta de caráter e a audácia dela era de dar ódio, que só eu não via o quão manipuladora ela era, e realmente.
Eu piorei depois disso, estava com uma ressonância marcada em São Paulo, e só de pensar nas agonizantes horas que ia ter que passar dentro do carro pra ir e voltar, já era o suficiente para me causar uma crise de pânico atrás da outra, e a partir daí comecei a me isolar completamente. Meu pânico de contato começou a se agravar, eu comecei a ter medo de falar com as pessoas e ter que explicar, ter ou que mentir que estava bem ou desmoronar quando dizia que não estava, e num desabado, postei em uma das minhas redes sociais que doía, doía estar presa dentro de mim mesma, doía não estar dando o melhor de mim pras pessoas que eu amava, doía não estar sendo boa o suficiente, e que tudo que eu pedia, era que não desistissem de mim se eu por algum motivo, eu me perdesse.
Dez minutos depois C respondeu ao desabafo, e essas foram as seguintes mensagens:
"A pessoa fica falando que os amigos abandonam ela mas ela mesma faz todo mundo se afastar, eu mesma já desisti, se faz pouco caso comigo, também faço pouco caso com ela. Se faz de vítima do cacete mas só faz merda. Reveja seus conceitos."
"Ain, não me abandona, mas quando eu tentava manter contato se fingia de morta, quando eu convidava pra sair sempre dava uma desculpa. Você está jogando todos os nossos anos de amizade no lixo e a culpa é sua SIM. Minha parte eu fiz, seu vitimismo e seu drama não me afetam mais."
Na mesma semana, um perfil sem foto e sem seguidores, basicamente uma conta fantasma, me mandou uma solicitação de mensagem e dizendo que me conhecia e conhecia tanto a C quanto a G e que essa pessoa não achava justo o que elas faziam; parece que C e G falavam de mim pelas costas, falavam pros outros que eu inventava essa dor simplesmente para chamar atenção, que provavelmente eu tinha até inventado esse acidente pra poder me fazer de coitada, que era puro drama e novela barata.
Eu não sei quem era, depois fui entrar nessa conta de novo e o perfil havia sido deletado. Só sei que nunca mais mandei mensagem pra nenhuma das duas, nunca mais vou também, não quis saber se era verdade ou não, simplesmente apaguei números, conversas e tudo que tinha relação com as duas, até porque, pelas mensagens que a própria C postou, bem provável que seja tudo verdade realmente, o que apenas dói mais ainda. Da C eu esperava, da G, não. Infelizmente, meu coração ainda pertence a ela mesmo depois de tudo, o que só piora as coisas pra mim.
Bom, só sei que precisava tirar isso do peito e perguntar para vocês, fui babaca por ter me isolado da forma que me isolei e ter permanecido em silêncio em momentos que eu estava em agonia? Fui babaca por não ter dado a atenção e o cuidado necessário pras minhas amizades quando eu deveria? Porque mesmo depois de muito tempo ainda sinto que é culpa minha isso ter chegado onde chegou, ao ponto que chegou. Eu sei lá, não quero conversar com elas porque sei que é caso perdido, o máximo que vou receber é desdém e sarcasmo, mas isso me perturba, talvez eu seja trouxa? Bem provável.

Enfim, era isso, mais um desabafo que um julgamento. Pra status, não consegui fazer a ressonância por conta do isolamento e meus pais acham que é arriscado me levar no hospital num momento desses. Esse mês faz um ano e oito meses que eu estou com essa dor contínua e não tenho prazo de melhora, mas sigo indo e sobrevivendo.
Lubisco e turma, obrigada por lerem minha trágica história. Dói um pouquinho menos depois de ter escrito tudo isso. E ah, não posso ir embora antes de coagir vocês a assistirem meu anime preferido, então anota Mo Dao Zu Shi aí e da uma olhada, melhor anime ever com o melhor ship LGBT do universo, recomendo ler o novel depois de assistir o anime e depois assistir o anime de novo porque tem muito detalhe que passa despercebido. Esse novel ganhou uns 500 prêmios e tem mais adaptação que o caralho, e é a única coisa que me trás um pouco de alívio e paz nessa situação, e espero que traga pra alguém nessa quarentena também.
Um grande beijo, S.
submitted by Shinvk to TurmaFeira [link] [comments]


2020.06.13 15:03 Yunna_sata Quando eu namorei um Nice guy que tentou ir além dos limites

Olá Luba, editores, Tuxo, seres visíveis e invisíveis, e turma que está a ver.
Essa é uma das histórias que quando eu me dei mal em um relacionamento. São 4 anos de história, por isso ficou grande, mas tenham paciência comigo.
Minha história é a seguinte. Estávamos no início de 2016, eu tinha 12 anos e estava no 7° ano, eu tinha acabado de mudar de escola. No terceiro dia de aula peguei uma conjuntivite horrível e fiquei mais de uma semana de atestado (já começou tudo ótimo). Mais ou menos em abril conheci duas pessoas do 1° ano do ensino médio (a escola deles fica literalmente descendo a rua). Eles me apresentaram a mais dois garotos, um que não precisa ser mencionado e o dito cujo que vamos chamar de macho. Naquela época meus pais era muito preocupados e eu tinha sido ameaçada por um grupo de garotas (depois conto essa história) então sempre que eu pegava o ônibus ou estava chegando eu tinha que avisar meus pais. O macho (que tinha 17 anos nesse ano) perguntou minha operadora e pediu meu celular emprestado pra ligar para a namorada dele, eu emprestei. Ele ficou lá uns três minutos falando com ela, então me devolveu. Na semana seguinte ele me contou que ela tinha terminado com ele. Mas não foi um término normal, ele olhava pra QUALQUER coisa e falava "isso me lembra a Elly" (vamos chamar ela assim). E isso já estava me irritando, mas não falei nada. Então um certo dia decidimos começar a ficar, podia ser bem normal se eu não soubesse que ele estava me usando para esquecer a Elly, mas eu nem me importava pq eu meio que também estava querendo esquecer um forte acontecimento na minha vida (tem relação com as meninas que queriam me bater). O macho não aceitava ser contrariado, ele ficava me mordendo e dando tapinha leves no meu rosto, mesmo eu falando várias vezes que odiava isso, sempre que podia ele falava que a Elly botou 5 chifres nele, além de que ele ficava tentando passar a mão no meu corpo. Quando íamos completar 3 meses só ficando, ele simplesmente me largou e disse que tinha voltado pra Elly, achei super estranho, mas tá neh. Vamos para 2017, eu tinha me afastando um pouco do macho, estava com um novo grupo de amigos, muito melhor ainda por cima. Conversávamos as vezes só por mensagem. Na semana do meu aniversário de 14 anos ele foi me ver (se eu não me engano, nesse ano meu aniversário foi no domigo) então na segunda ele foi me ver [meu aniversário e dia 18 de junho (Quinta que vem ♡) e o melhor amigo dele faz aniversário dia 19] nós ficando e tal. Umas semanas depois descobri que no dia 18 ele tinha pedido uma garota em namoro, então no 19 que eu fiquei com ele, ele estava lá pleno traindo a nova namorada dele, que por consciência tinha o mesmo nome que a ex que "chifou" ele. Em 2018 as coisas estavam bem entranhas, mas nada fora do "normal". Eu tinha conhecido um garoto (vamos chamar ele de Felipe) incrível no meu curso, e eu estava cada vez mais encantada por ele, como o metal que atrai o imã. Mais ou menos nas férias de meio de ano eu decidi me isolar de todos, ou quase todos, eu só conversava com a minha família e com Felipe. A maior parte do meu tempo eu ficava assistindo anime e contando as história pro Felipe, estávamos numa vibe muito boa, e eu já estava suspeitando que estava apaixonada por ele. Até que um dia quando eu estava maratonando meus animes o macho me manda mensagem, por educação respondo 3 horas depois. Ele sempre ficava me mandando várias mensagens me atrapalhando, e se eu demorasse para responder ele ficava putinho. Ficou nisso por alguns dias, eu o ignorava, pq eu estava focada numa pessoa bem melhor. Como em todas as férias, fui pra casa do meu primo, então eu estava lá tranquila fazendo altos nadas, até que um ser começa a me ligar, o macho não parava de implorar por atenção, dizia que falar com ele era a coisa mais importante que eu tinha pra fazer. Mas eu podia ficar babando pelo meu crush, acho isso mais legal. Até que o macho cansa de implorar por atenção e diz que quando voltar as aulas vai me ver. E assim ele fez, no primeiro dia após as férias ele vai lá na escola me ver. Foi ate que legalzinho falar com ele na entrada até que ele tentou me beijar. Quando ele fez isso eu simplesmente entrei na escola. Na saída eu estava com dois amigo o Ron e a Rachel, até que encontramos o macho (ele foi me buscar '-'), subimos até o ponto de ônibus onde os meus maravilhosos amigos me deixaram sozinha com o macho. (Acho que alguém vai ficar com raiva) Ele simplesmente me prenssou na parede e começou a me beijar e a passar a mão em mim, para tentar escapar eu tentava empurrar ele, que se apertava cada vez mais a mim, e já que ele estava me beijando eu tentava morder o lábio dele na esperança de machucar. Eu vi que meu ônibus estava vindo então eu corri pra sair de perto dele. Dentro do ônibus eu briguei com a Rachel dizendo que foi errado ela me deixar sozinha com o macho escroto. Chegando em casa lá estava ele me mandando mensagens, eu falei que aquilo foi errado e que eu poderia denunciar ele por tentativa de abuso. Ele disse que eu claramente estava gostando, que eu deixei ele super excitado, que eu era o amor da vida dele. E falou várias coisas do tipo. Eu joguei na cara dele tudo que ele fez comigo desde 2016, que ele já tentou várias vezes me levar pra cama, que ficava passando a mão no meu corpo, me seguiu até em casa, me mandou fotos do pinguliroliro e que agora tentou abusar de mim em um ponto de ônibus LOTADO. Ele simplesmente ignorou tudo que eu disse é falou que estava querendo entrar pro exército. Eu falei que ele podia ir com a culpa de ter quase abusado de uma menor de idade, ele só riu e disse que foi a melhor coisa que aconteceu na minha vida e que ele me ensinou a beijar e blá blá blá. Eu bloqueie ele. Em setembro de 2018 eu comecei a namorar o Felipe e estamos juntos até hoje (1 ano e 9 meses). Mas a história não acaba por aqui. Em 2019 eu vou pro primeiro ano, era a mesma escola que o macho estava estudando (reprovou duas vezes no ensino médio e uma no fundamental), o Felipe e a Elly também estudavam lá. Eu era do turno vespertino e todos os outros do matutino, mas o macho sempre esperava eu chegar pra poder ir embora, nem meu namorado fazia isso. O Macho ficava me perseguindo para todos os lados, até que finalmente foi pro exército. Como eu fazia parte do integral eu conseguia ficar mais tempo com o Felipe que também era do integral, até que um dia conheci a Elly (ela tambem era integral), e viramos amigas (o macho escroto sempre dizia que nunca nos daríamos bem), um dia estávamos conversando e eu contei tudo que o macho escroto me dizia sobre ela, inclusive sobre os chifres. Ela me contou que era tudo mentira e que na verdade ele era um cara super abusado, que já tentou forçar ela a fazer coisas várias vezes, e ela também me disse que tem até denúncias contra ele na policia. O ano passou e cultivamos um ódio múltiplo pelo macho escroto, até que ele pareceu lá na escola e me pediu perdão. Ele acha que eu aceitei, mas fazer o que. Esse ano recebemos a notícia que ele iria sair do exército e voltar pra escola, mas não sabemos pq começou a quarentena.
Link para os prints: (http://Prints "Quando eu namorei um Nice guy que tentou ir além dos limites" https://imgur.com/gallery/i4Jrk1U)
Obs: não achei todos então pode estar meio confuso.
submitted by Yunna_sata to TurmaFeira [link] [comments]


2020.06.12 01:00 pastoraraquel Eu sou babaca por não querer ajudar meu ex quando ele fez uma live tentando se suicidar?

oi luba lindo cheiroso, a história começa desde dezembro de 2019 e o capítulo mais recente aconteceu ontem, eu tenho certeza que pode dar uma briga muito grande por eu estar expondo tudo aqui, mas isso é uma coisa que tá me deixando péssima e eu não aguento mais me culpar por conta disso. Dia 03/10/2019 o meu ex resolveu que queria romper nosso relacionamento, rompemos foi um término amigável até, não brigamos mas também não continuamos a amizade. Depois desse dia nós brincamos de casal vai e volta diversas vezes e eu ainda me culpo por ter dado liberdade a ele de entrar e sair da minha vida a hora que ele bem entender, depois do primeiro término nós tivemos aproximadamente 4 términos, no total ele terminou comigo 5 vezes. Em umas das vezes que nos falamos depois do término foi por que perguntaram dele na minha caixinha de perguntas e eu respondi, falei que ele ficava saindo e voltando da minha vida, mesmo estando aparentemente com uma garota e ele respondeu meu story basicamente como se quisesse lavar roupa suja (tem print) mas a conversa acabou logo. No começo de Maio eu consegui o número dele e eu era muito dependente emocional dele e por isso me senti obrigada a mandar mensagem, eu me forçava a acreditar que nós iríamos ficar juntos sendo que eu não sentia mais nada por ele além de dependência emocional, eu mandei mensagem pra ele, nós conversamos e resolvemos entrar em call, falamos sobre tudo que aconteceu até que ele começou a forçar entrar em um assunto que na minha cabeça não tinha sentido nenhum. Ele começou com "se eu te contar uma coisa, você acredita?" eu disse que dependia e até fiz uma piada com isso, mas ele nem riu só continuou com o assunto "a minha mãe prefere me apoiar com o meu primo só por que não é uma garota" (ele é trans só que os pais não acreditavam) e eu fiquei em choque, por que na minha visão isso é uma coisa absurda, continuamos nesse assunto e eu tentando ao máximo ajudar ele e então ele solta "eu queria te dizer que, eu terminei com você por causa dele, no dia que eu tava na casa da minha tia e sumi eu fiquei com ele, e tô te falando agora por que não aguento mais mentir pra você, eu te traí" e eu fiquei em choque né, por que na minha cabeça ele poderia ser TUDO menos traidor. Eu só mutei a chamada e respirei fundo, eu não queria chorar na frente dele e depois de um tempo ele tava chorando pedindo desculpas e eu CONSOLANDO ele falando que tava tudo bem, que isso tudo já tinha passado, depois disso a gente fez call mais uns dias e eu acabei confundido dependência emocional com amor, eu falei pra ele que gostava dele e ele disse que ia ser sincero comigo. Ele basicamente disse "eu amo o meu primo, e eu espero mesmo que a gente de certo, ele me entende e somos lindo incestuosos juntos 😍" não foi bem desse jeito mas foi quase isso, eu fiquei triste pra caralho né, pq ser corna já é foda ver seu ex se dando bem com a pessoa que ele te traiu enquanto vc tá na merda é mais foda ainda. Depois disso eu agradeci por ele ter terminado comigo e dei block, um booom tempo depois eu percebi que a única coisa que eu sentia pelo meu ex era obrigação de ajudar ele por eu ter feito isso por muito tempo e dependência emocional, depois de uns dias tentando me entender e ter certeza do que eu queria eu resolvi tentar de novo com um menino que eu estava sentindo algo faz um dia, eu tava reprimindo esse sentimento por achar que eu TINHA que continuar gostando do meu ex por que lá na frente a gente com certeza iria dar certo, mas depois de sofrer esse choque de realidade eu resolvi seguir em frente e tentar com esse garoto (meu atual namorado agora e caralho a melhor coisa que eu fiz foi isso). Ontem 10/06/2020 muita gente me mandou mensagem falando que meu ex estava fazendo uma live cortando o pescoço e chorando demais, tipo ele tava fazendo um suicídio ao vivo, eu entrei no Instagram pra tentar fazer alguma coisa e eu acabei vendo um texto que ele tinha me mandado a umas horas atrás e eu me senti extremamente culpada, por que se eu tivesse lido esse texto (tem print) eu poderia ter impedido ele de fazer uma merda dessas, eu falei com a namorada dele mandei mensagem e fiz o meu MÁXIMO pra tentar ajudar em alguma coisa pra tirar essa culpa de cima de mim, mas mesmo assim muitos dos seguidores dele ficaram me mandando mensagem no estilo de "a culpa foi sua" por que eles juraram que ouviram ele falar de mim na live (a qual eu não vi, só fiquei sabendo pelas pessoas que falaram pra mim). Eu surtei e postei algo como "tudo que eu tinha que fazer a respeito disso, eu já fiz, parem de me relacionar a ele, parem de me mandar mensagem falando sobre ele, eu nem sequer sou amiga dele, obrigada", depois desse post muita gente me chamou de egoísta e disse que eu não tava me importando com uma vida, mas acontece que não foi a primeira vez que ele tentou suicídio e me mandou ou postou alguma coisa diretamente pra mim e fez eu me sentir culpada, eu tava esgotada mas NINGUÉM conseguia enxergar isso, eu aguentei aí meu máximo só que agora eu realmente não sei se eu consigo agir como boa samaritana e ajudar ele como eu sempre faço, pra no final ele só pisar em mim como se eu não fosse um nada. Aliás ele me mandou mensagem quando soube do meu namoro, falando que o negócio com o primo dele era tudo mentira e que ele só queria uma desculpa pra se afastar de mim, o que eu achei bem sem nexo pq ele já se afastou de mim várias vezes e não é como se dessa vez ele precisasse de uma desculpa pra ir embora, no texto ele também fala que nunca me traiu e que foi tudo mentira, eu realmente não consigo entender ele e tô parando de agir como um ser humano e me importar ao extremo com isso, me culpar e me rebaixar por uma culpa que ele joga em mim. Eu fui babaca por jogar tudo pro alto e simplesmente parar de me importar com tudo isso?
http://imgur.com/gallery/JzbEALW
View Poll
submitted by pastoraraquel to TurmaFeira [link] [comments]


2020.06.09 20:46 AnaaaaLiciiii SOU BABACA POR ACHAR QUE O CALRS GOSTAVA DE MIM?

Olá Luba,editores,gatas,papelões e possível convidado e turma que está a ver e ler tudo bom? Espero que sim! Bom como é minha primeira vez vou contar o PIOR ACONTECIMENTO DA MINHA VIDA... Título: PRA QUEM ELE MENTIU? Bom eu tinha 13 anos quando conheci um carinha que participava do grupo jovem da igreja do meu tio (vms colocar o nome dele de Calrs).Bom eu comecei a gostar mto dele (tipo d +) ele tinha 17 anos na época.. Depois de um tempão ia rolar uma festa surpresa para uma das meninas que participava do grupo então me pediram pra ajudar, como eu não tinha o contato de ngn,fui PEDIR o meu PRIMO o número delas (guardem essa parte é importante).E por acaso ele me mandou o número do Calrs!!! Emfim dps de ter surtado,gritado e td + eu mandei mensagem pra ele e dalí nasceu uma linda amizade! No meio dessas conversas (q foram muitas, acredite muitas) ele me falou que ainda estava apaixonado por sua ex (a fulana foi a primeira namorada dele) meu corazón partiu na hora lubixco! Resumindo passaram-se 1 ano ou 2 e eu ainda estava gostando muito dele.E ele por uma das garotas do grupo ficou sabendo q eu gostava dele dês dos 17 anos (ele tinha 19 quando ficou sabendo) e aí resolveu me mandar uma mensagem no Facebook (tenho prints se quiser) e me perguntou se eu gostava mesmo dele,dps de enrolar bastante eu disse que sim,daí ele colocou um monte de apelidos fofos tipo mozão,bebe,amor e tls.... Enfim ficamos juntos ESCONDIDO por 5 meses.Quando na PRIMEIRA SEXTA - FEIRA DE JANEIRO DE 2019 meu pai descobriu a história toda e me acordou ás 04:00 da manhã para reclamar comigo (ps: todo mundo da igreja sabia o que estava rolando entre a gente).Meu pai me perguntou ''VOCÊ GOSTA DELE?'' eu: ''SIM,GOSTO'' e dps de reclamar bastante disse que no dia seguinte ia conversar com o Calrs... E é ai que tudo começa a dar merda.Meu pai foi falar primeiro com o meu,tio que desmentiu tudo dizendo ''O Calrs não quer nada com a Ana Lici não cara, o negócio dele é a Fulana! Ele ainda gosta dela!Esquece isso'' (pelo q a mãe da fulana me disse o namoro deles só durou 1 dia).Dps foi falar com o Calrs e o meu PRIMO... ''QM DEU O NÚMERO DO CALRS PRA ELA???'',e meu primo disse que EU TINHA IDO PEDIR O Nº DO CALRS PRA ELE!!!! SENDO Q NÃO ERA VERDADE!!!!Pra piorar a minha situação qnd meu pai foi falar com o Calrs ele soltou o seguinte : '' Eu não quero nada com ela não! Ela que ficava correndo atrás de mim! Ela que veio me falar que gostava de mim!'' (mentiroso do caramba!).Enfim dps disso meu pai me pediu pra devolver o celular pra minha tia (que tinha me dado o celular).Entrei no whatts, e tinha uma mensagem dele''Vamos ficar só na amizade e dps agnt vê oky?'' me subiu o sangue na hr!!!! Dps disso fiquei mau falada na família,fui olhada torto e meu pai perdeu TODA a confiança que tinha em mim..... Então lubixco e turma: Ele me iludiu dizendo que queria namorar comigo sério ou ele realmente gostava de mim e mentiu para o meu pai? Eu fui a babaca por acreditar nele e dizer a vdd? Bjsss lubixco te amo! <3

View Poll
submitted by AnaaaaLiciiii to TurmaFeira [link] [comments]


2020.06.08 08:57 Vale028038 Sou babaca por deixar um garoto que estava com depressão?

Sou babaca por deixar um garoto que estava com depressão?
Ola Luba, editores, gatas, defuntos de papelão, galera do Reddit e provavelmente o menino que eu irei mencionar nessa história (porque ele assiste o Luba :). Vou te chamar de Carlinhos, pra não te explanar.
Tudo começou no início de 2019, eu estava bem plena com meu fogo no rabo no TicoTeco até que vi um perfil peculiar, de um garoto que não mostrava o rosto, com música do Kamaitachi de fundo, completamente na sofrência. Eu como uma ótima psicóloga formada na base de conselho paras alheios, resolvi me afundar nisso. Achei extremamente atraente, já que ele não mostrava a cara, dava um ar misterioso.
Então lá foi eu chamar o garoto nos comentários, falando que queria ser amiga dele. Por sua vez, Carlinhos aceitou, ele me seguiu e eu segui ele (Pra quem não sabe, o TikTok tem uma "regra" que apenas deixa as pessoas mandarem DM quando ambas se seguem).
Então lá fui eu, pedir pro menino desabafar, porque minha ingenuidade é maior que as coxas do Luba. Ele fez oque? Disse que não, que não iria desabafar com uma estranha, eu entendi completamente o lado dele, então disse que iria conquistar a confiança dele.
Vale ressaltar que na época ele tinha Web namorada (que não ligava muito pra ele, ao meu ver), mas eu pouco me fodia pra namorada e — dava em cima dele discretamente — ou não tão discreto assim.
Foi se passando um tempinho, conversa vai, conversa vem, até que ele termina com a namorada dele — por um vídeo no TikTok — e não aceitou o término. Eu (como você já pode se imaginar) odiava a namorada dele, então antes mesmo dela ver o vídeo eu fiz um MONTE de vídeos "ajudando" o Carlinhos a superar a Karen (vamos assim por dizer), que fez um puta de um drama, falando que ficaria triste e que o Carlinhos era só DELA. Ele ficou meio abalado com o término, eu como a futura namorada que sou ajudei ele a superar.
Se passou MAIS um tempo e tirei coragem só além pra pedir o número de WhatsApp dele, que aceitou de boassa, ele foi lá, me deu o número. Eu pedi uma foto dele, ele me mandou — não queria falar nada mas você é bonito sim — então ok.
Até aí beleza, mas chegou uma hora que ele engatou uma ótima confiança em mim, e eu cismei de que precisava deixar tudo de lado pra cuidar só dele. Então ok, eu não quero expor a vide dele aqui, mas ele era depressivo, me mandava algumas fotos de automutilação, algumas vezes a gente brigava (isso me causou ansiedade), e eu sempre pedia desculpas, POR ALGO QUE EU NÃO FIZ.
Se passou maiiiis um tempinho e ele se tornou o clássico Chernoboy. Eu parei de falar com ele por alguns dias (porque eu sempre mandava bom dia e boa noite, e mais alguns agrados) pois estava com a mente desgastada, e ele falou que eu não ligava pra ele. Detalhe que ele cagava pro meu afeto. Isso me deixou puta da vida, mas não foi o suficiente pra deixar o famoso block. Comecei a cumprimentá-lo novamente.
Mais um tempo se passou, e agora que começa a ficar importante. O primeiro Block. Tudo ocorreu nos dias das crianças, então vamos lá: eu estava triste pra cacete, TRISTE mesmo, e estava em conflito com minhas amigas e familiares, por não ser tal comunicativa e vocês já sabem o porque, então pensei que ele retribuiria minha gentileza de sempre ouvir oque ele falava, mas eu estava enganada. Ele disse: "eu recebi um presente tão foda, pra de noite eu simplesmente ouvir essas merdas". Após dito, ele me deu block, meu mundo caiu, achei que nunca mais o veria na vida. Trouxa como eu sou entrei em pânico e comecei a chorar, pois não queria perder o amor da minha vida. Se passou um tempo e ele me desbloqueou, eu fiquei sorridente e achei que as coisas poderiam melhorar, mas não, nosso relacionamento continuou pesando. Então eu desisti e EU mesma dei block, mas desbloqueei 3 ou 5 horas mais tarde. Se passou mais um tempinho e ele me bloqueou, e eu sinceramente caguei pra isso.
Superei ele.
Até que de madrugada em um Domingo, recebo uma mensagem dele novamente, falando sobre meu aniversário e tals, ele foi simpático comigo, relatou que parou de se cortar e que estava em uma psicóloga (me senti trocada pois EU era a psicóloga dele) mas esse não é o caso. Tivemos outros tipos de interação e foram bruscas, mas não vem ao caso.
A questão é: eu fui babaca por simplesmente deixar o garoto que era depressivo e que eu tinha uma paixão nele simplesmente passar, ou eu devo tentar o encher de afeto novamente?
Votem aí :) obrigada pela a atenção ^
View Poll
submitted by Vale028038 to TurmaFeira [link] [comments]


2020.06.08 04:00 Eddynhopsps ELA PÔS TODO MUNDO CONTRA MIM!!

(Literalmente minha primeira vez aqui, nunca tinha usado o Reddit, criei a conta só pra contar essa história que até hoje só de lembrar já me ferve o sangue)
Olá turma, Luba, editores e várias coisas que pessoas falam nos ínicios.
Bom, era páscoa o ano era 2019 em pleno "Início" de ano. Posto uma foto no meu status do Whatsapp de um ovo de páscoa de 15 reais recheado que comprei com um dinheiro que estava juntando (detalhe, o ovo era pequeno mas bem recheado, eu tava tão feliz, fazia anos que não comia um.), com uma legenda zueira, eis aí o que eu escrevi:
"Ah, já que ninguém nos presenteia com um, temos que presentearmos a nós mesmo rsrs🤭. E quem não tem dinheiro pra comprar SE FUD! Tou brincando (É SÉRIO PELO AMOR DE DEUS NÃO LEVEM A SÉRIO, ESTOU BRINCANDO.), não sou desse tipo de pessoa kkkkk. Feliz páscoa gente :3 ❤️."
Passado alguns minutos, recebo uma mensagem, era da minha prima Varls, ela me fez um FUKIN textão (que infelizmente não tenho o print pois nem pensei na hora, só tava muito triste e com raiva.), dizendo que eu tava fazendo pouco com a cara das pessoas que não tinham dinheiro pra comprar, e que a páscoa era o dia do nascimento de Cristo e que era um tempo de partilhar e blá blá blá, não sei o resto pois não me dei o trabalho de ler tudo, pois eu não esperava aquilo de uma pessoa que LITERALMENTE ME CONHECIA MUUUITO BEM!!. Basicamente ela tava me colocando como um "vilão" da história, (detalhe, eu e ela crescemos juntos, 16 anos naquele tempo, 16 ANOS DE CONVIVÊNCIA).
Veyy quem me conhece sabe que não sou assim, e que sou brincalhão, e que sinto repulsa por pessoas assim, que fazem pouco das pessoas que se acham superiores a outras.
Bom, eu falei pra ela deixar de palhaçada pois ela me conhecia muito bem e que era pra ela saber que eu estava apenas zuando, até pq eu nem escrevi a frase toda e falei tava brincando (e deixei isso BEM CLARO). Bloqueei ela no whatsapp, e parei de falar com ela e de dá carona na minha moto pra escola, pois era sempre eu que levava ela e a Carls minha outra prima pra escola, já que estudamos a noite, e é perigoso elas andando na rua a noite, pois a escola ficava meio longe.
No dia seguinte a minha outra prima Jarls que mora perto de mim vem na minha casa e pergunta: Jarls - Eddy vc viu o que a Varls postou nos Stories do Instagram? Eddy - Não, eu não estou mais usando Insta, o que que foi que ela fez agora? Nisso a Jarls me mostra que ela colocou o print da minha conversa com ela, com uma enquete escrito:
RIDÍCULO ISSO [ SIM / CLARO ]
ELA POSTOU O PRINT VEY QUERENDO ME TACHAR DE VILÃO NO INSTA, PRA ELA SE PASSAR DE BOA SAMARITANA!! Com o textão que ela escreveu.
E isso pq depois de 1 dia eu já tava pensando em chamar ela pra conversar, pra gente se resolver e não ficarmos brigados já que a gente teria ainda que olhar na cara um do outro durante 8 meses que ainda faltavam no ano. Mas quando vi isso meu sangue ferveu vey, ferveu! E não falei mais nada com ela e nem dei mais atenção a ela.
O Print que ela postou acabou encarretando em, A SALA TODA ficar o ano inteiro me excluindo de tudo, e me isolando já que ela era a "Popular" da escola, e ela saiu como boa Samaritana, Santa do pau oco (como gosto de me referir a ela) da história.
Bom... É isso.
Eu fui o Babaca?
(Desculpem se tiver erros de digitalização ♥️)
View Poll
submitted by Eddynhopsps to TurmaFeira [link] [comments]


2020.06.07 17:53 cassyna Namoro virtual

Olá luba, papelões, gatas e turma que esta a ver, hoje eu vou falar de uma história que aconteceu comigo quando eu me apaixonei por um garoto pela internet, e eu queria saber se você poderia dizer se eu sou a "stalker" Ou "louca" Da situação, aliás vou contar o início desse "amor" Platônico por que e importante para essa história,obg boa leitura!
Lá para 2017 2018 eu entrei no otanix(comunidade do amino) para ver se eu arranjava amigos, depois de umas semanas no app eu descobri uma modinha de RPG de chat, achei muito interessante e resolvi criar o meu próprio RPG, pensei que não ia dar certo mas logo entrou bastante gente e até que estava daorinha, até que entrou um garoto que não tinha ninguém para conversar , como dona do chat fui arrumar um papo com ele. Conversamos bastante e vi que tínhamos muitas coisas em comum, então criamos um chat privado para conversamos, o nome dele e cleotom gravem isso, e um contexto importante. Essa amizade durou meses, conversávamos bastante, quase todo dia, até quando chegou o natal de 2018,no mês de Dezembro fui fazer uma viajem para passar o natal em Caraguá (muito bonito por sinal) avisei meu grande "amigo"e ele flw que era uma viajem daora mais não conhecia o local, pois ele era de Piauí e eu de são Paulo, quase não conversei com ele nesse tempo de viagem por que a internet de la travava muito. Até que chegou o dia, o grande dia, era noite de ano novo e estávamos todos do hotel reunidos lá fora, na contagem regressiva ele me ligou e me pediu em namoro, foi a primeira chamada de vídeo e o grande momento(mesmo não estando juntos gravei a data) E desde de aquele dia ficamos mais próximos, até que o celular dele foi roubado, mas eu não sabia disso então fiquei dias sem resposta dele, ele não havia passado mais nada, facebook,instagram nada, então eu colei o número dele no mensager e achei o face dele( foi totalmente inútil pois não tinha nada) mas tinha a mãe dele no face então chamei ela e peguei o zap dela, conversamos bastante e contei que era namorada dele, e ela disse que aprovava pois ela também já teve um namoro Virtual, (ps somos amigas até hoje) ela flw para o cleotom que eu estava conversando com ela ele me respondeu e conversavamos as vezes, fiquei muito próxima da mãe dele, até que um dia em outubro de 2019 a mãe dele criou um grupo mó zap e me add pq era a festa de aniversário dele e eles iriam fazer uma surpresa, lá conheci parentes amigos e primos, mas desde que conheci a mãe dele, ele estava muito distante quando disse que conheci os amigos dele ele disse que não era para contar sobre nós pq ele seria zoado, mas entendi e não contei, faria qualquer coisa por ele, então eu queria fazer uma surpresa, chamei um dos primos dele no zap e perguntei se no niver dele ele podia fazer uma chamada de vídeo para ser uma surpresa, ele concordou, mas não deu muito certo essa surpresa, quando era 22 horas por aí ele ligou e mostrou Lara meu namorado, ele desligou na hora e me mandou mensagem, disse que eu era louca e que eu era uma doente mental, e que esse relacionamento era doente, eu fiquei muito triste e nunca mais falei com ele esse ano ele me mandou mensagem em janeiro, disse que sentia muito e que ele estava muito estressado naquele dia, e que guardava meu desenho que fiz para ele até hoje,eu fui toda calma e disse que o nosso relacionamento nunca seria o mesmo, e ele respondeu "você ainda pensa no nosso relacionamento? Estou surpreso" Eu bloqueei ele e nunca mais falei com ele Eu sou a errada da situação? Ou ele que foi? Ps: eu jurava de pé junto que ficaríamos juntos e até contei para minha mãe, eles riram da minha cara e depois de terminarmos eles fizeram " A pegadinha do cleotom" Que era basicamente falar - a pegadinha do cleotom, oq e a pegadinha do cleotom? E gostar de um menino que mora do outro lado do mundo mas ele não gosta dela, oferecimento cachaça 51 Obg luba bjs >30
submitted by cassyna to TurmaFeira [link] [comments]


2020.06.06 15:35 Dudalina230601 Namorei um ser gamer homofóbico e extremamente MACHISTA por 4 anos e sinto que perdi grande parte da minha vida por causa desse traste

Olá lubixco, gatas, editores, imortais papelões, possível convidado e turma que está a ver. (Sou carioca então fique a vontade para fazer o sotaque kkkk) aviso logo que pode ser um pouco pesado o que ele falou.
Eu comecei a namorar pela internet o tal ser em 2016 até 2019 (30/12 para ser específica). Podemos chamar o ser de Garls, conheci ele em um MMORPG com um grupo de pessoas de diversas nacionalidades, como nos conhecemos em um momento difícil da minha vida onde questionei tanto minha sexualidade quanto tive problemas familiares (no caso meu pai estava endividado e fomos expulsos de casa pela minha mãe porque o apartamento que era dela enfim), então busquei fuga nos gaymes.
Garls no primeiro momento foi uma grande fuga pra mim, fazia promessas e eu acreditava em todas (sim sou trouxa mas piora). Iriei listar coisas que ele fez durante o tempo que estavamos juntos
1- Me chamava de gorda e que precisava emagrecer além de me pedir fotos para saber como estava meu "progresso"
2- Me chamava de feminista fedenta porque sempre quando tocavamos na questão de LGBTQ+ ele falava "todos dessa comunidade deveria morrer" e se eu começasse a gostar de uma garota eu era pior que lixo
(Foi uma situação onde ficamos dias sem se falar e quando ele pediu desculpas eu aceitei, acreditando que ele iria mudar, PQP QUE ERRO QUE TIVE)
3- Chamava de minha familia de instável pq meus pais eram separados, e falava q eu deveria mentir para os pais dele para eles acreditarem que minha família era "estável" no conceito dele
Ai quando entrei na faculdade (biomed), as coisas pioraram, ele ficou mais incisivo nas mensagens atrapalhando minhas aulas, já que nesse curso temos que ter mais foco então fica difícil de conciliar mandar mensagem e prestar atenção na aula (crianças prestem atençãona aula dica da tia).
E então chegamos no grande ano de 2019, minha vida estava um pouco mais equilibrada e estava me distanciando cada vez mais do Garls (o que não gostou nem um pouco), ai em Maio minha prima na qual considerava minha irmã tomou uma quantidade considerável de remédios e partiu, foi uma terrível perda pq foi graças a ela que tive o sonho de entrar na area da saúde para salvar vidas, ou seja estava um caco, e adivienhem o que ele disse....
"ela foi fraca demais"
Eu parei de falar com ele apartir dai mandando raras mensagens, porque além de ter me machucado absurdamente precisei de um tempo para absorver e ter meu luto. Minhas notas só caiam e como tinha minha bolsa da faculdade quase perdi por falta de CR mas consegui conversar com o coordenador que apesar de um lixo de ser humano me deu um apoio melhor que meu ex.
No final de novembro foi quando me descobri bi/pan e que em hipótese alguma tinha algum vestígio de sentimentos por esse ser, foi em 27 que conheci minha atual namorada (bjus meu amor), nos duas estávamos passando por um momento complicado de nossas vidas mas encontramos uma na outra uma luz que nos guia até hj.
E no dia 30 de dezembro eu decidi terminar com Garls de vez e bloquear de todas as redes sociais (ainda não namorava com a minha Starlight por diversos motivos e um deles pq ainda tinha respeito por ele). Ele começou a perguntar se eu tinha o traído esse tempo todo mas só quis cortar esse mal pela raiz mesmo, como quis literalmente deletar ele da minha vida apaguei todas suas mensagens mas tirei print da ultima tentativa dele de """pedir desculpas""".
Print da ultima tentativa Outro print da mesma conversa
submitted by Dudalina230601 to TurmaFeira [link] [comments]


2020.06.04 05:35 TeteuMendes Amigo talarico I Am the ass hole ?

Ola luba, editores e turma, meu nome é Matheus e tenho 16 anos, vou dar um contexto do que aconteceu comigo: Eu no meio de 2019 tinha começado a namorar com uma menina, vamos chamar ela de Carls, e ela era muito boa pra mim, porém por N motivos nos separamos, tempo vai tempo vem a gente volta no final de 2019, e tipo eu sempre fui apaixonado na carls, ela foi meu primeiro amor sabe? e no início de 2020 terminamos pois não tava dando certo, porém eu ainda a amava, tempo vai tempo vem e eu estava em uma feira noturna de Atibaia que é a minha cidade, e então eu começo a ter crises de ansiedade e de choro por que eu tinha lembrado da minha ex, eu não estava bem e meu "amigo me levou pra casa" ele foi me consolando e eu fui contando tudo pra ele, inclusive minha história com a carls, logo depois eu comecei a considerar ele como um irmão, pois ele me ajudou bastante, já depois de quase 1 mês disso ele fica cm minha ex de casal numa alameda aq de Atibaia (fiquei sabendo por um amigo) e achei isso meio errado, então decidi cortar contato com ele, hoje de noite ele me mandou mensagem e segue o print, gostaria de saber quem foi o errado da história, uma amiga minha disse que deveria voltar a ser amigo dele e fiquei com duvida. 03/06/2020 23:25 - As mensagens e chamadas desta conversa estão protegidas com a criptografia de ponta a ponta. Toque para mais informações. 03/06/2020 23:25 - ???: 03/06/2020 23:26 - Teteu: qm é ? kkkk 03/06/2020 23:26 - ???: Otavio 03/06/2020 23:26 - ???: conhece? 03/06/2020 23:26 - Teteu: do Aracy ??? 03/06/2020 23:27 - ???: O PORRA 03/06/2020 23:27 - ???: me adiciona 03/06/2020 23:27 - ???: se vai ver a foto 03/06/2020 23:28 - Teteu: aa 03/06/2020 23:28 - Teteu: putz mn é vc 03/06/2020 23:28 - ???: putz man sou eu 03/06/2020 23:28 - Teteu: to meio puto cm uns bglh q vc fez 03/06/2020 23:28 - Teteu: achei mancada 03/06/2020 23:28 - ???: eu???? 03/06/2020 23:28 - ???: qq eu fizz 03/06/2020 23:28 - Teteu: mano 03/06/2020 23:28 - ???: ja fala man 03/06/2020 23:28 - Teteu: c se lembra 03/06/2020 23:28 - Teteu: quando eu chorei do nada 03/06/2020 23:28 - Teteu: e tive crise de ansiedade 03/06/2020 23:28 - Teteu: no meio da feira noturna ? 03/06/2020 23:29 - Teteu: ent 03/06/2020 23:29 - Teteu: era por causa da minha ex 03/06/2020 23:29 - ???: a 03/06/2020 23:29 - Teteu: e você me perguntou quem era minha ex 03/06/2020 23:29 - ???: lembrei 03/06/2020 23:29 - ???: irmao 03/06/2020 23:29 - ???: calma 03/06/2020 23:29 - Teteu: eu te respondi q era a carls carls e tals 03/06/2020 23:29 - Teteu: e tu foi lá e ficou cm ela mano 03/06/2020 23:29 - Teteu: e eu achei zuado isso mn 03/06/2020 23:29 - ???: posso? 03/06/2020 23:29 - ???: ?? 03/06/2020 23:29 - Teteu: fala se 03/06/2020 23:29 - Teteu: ae* 03/06/2020 23:29 - ???: primeiro 03/06/2020 23:30 - ???: perdao 03/06/2020 23:30 - ???: isso nao se faz mesmo tlg 03/06/2020 23:30 - ???: e eu só fiz isso 03/06/2020 23:30 - ???: pq 03/06/2020 23:30 - ???: eu tinha esquecido 03/06/2020 23:30 - ???: e foi dps daquele ngc 03/06/2020 23:30 - ???: eu nem lembrava 03/06/2020 23:30 - ???: foi mto dps 03/06/2020 23:30 - ???: eu tinha terminado com a (censura) 03/06/2020 23:30 - ???: ai tava triste 03/06/2020 23:30 - ???: ela me chamou pra tomar açai sla 03/06/2020 23:31 - ???: ai ela me levou pro canto e me beijou 03/06/2020 23:31 - ???: mas eu nn ia pegar tb 03/06/2020 23:31 - ???: dps eu achei que ela ia ficar me chamando e fiquei com medo dela se machucar e parei de falar cm ela 03/06/2020 23:31 - ???: pq ela confundiu as coisas 03/06/2020 23:31 - ???: foi isso 03/06/2020 23:31 - ???: man 03/06/2020 23:31 - ???: perdao 03/06/2020 23:31 - ???: de vdd 03/06/2020 23:31 - ???: nao fui homem 03/06/2020 23:31 - ???: só que eu esqueci viado 03/06/2020 23:32 - Teteu: ah velho, tipo eu te considerava irmão tlg 03/06/2020 23:32 - Teteu: te contei uns bglh q eu n contei nem pra minha melhor amiga saca 03/06/2020 23:32 - Teteu: e c vai e faz isso mn 03/06/2020 23:32 - Teteu: e tipo eu sei 03/06/2020 23:32 - Teteu: q vcs tavam na Lucas (alameda) de casalzinho na Lucas mn 03/06/2020 23:33 - Teteu: tipo eu te perdoou tlg 03/06/2020 23:33 - Teteu: mas eu n quero amizade 03/06/2020 23:33 - ???: qdo eu comecei a falar com ela eu nem lembrava pq fazia mo cota memo 03/06/2020 23:33 - ???: nao tava 03/06/2020 23:33 - ???: juro 03/06/2020 23:33 - ???: quem falou isso? 03/06/2020 23:33 - ???: para teu 03/06/2020 23:33 - Teteu: meu amigo 03/06/2020 23:33 - Teteu: passou na Lucas 03/06/2020 23:33 - ???: eu nao fiquei de casalzin 03/06/2020 23:33 - Teteu: e disse q viu a Nicole na Lucas 03/06/2020 23:33 - Teteu: com um mlk 03/06/2020 23:33 - ???: ela tava com um la 03/06/2020 23:33 - ???: e dps me encontrou 03/06/2020 23:33 - Teteu: ai eu conversando cm a carls descobri q era vc mn 03/06/2020 23:34 - ???: eu nao fiquei de casalzin 03/06/2020 23:34 - ???: man 03/06/2020 23:34 - ???: eu juro 03/06/2020 23:34 - ???: por tudo 03/06/2020 23:34 - Teteu: achei zuado pra krl mn 03/06/2020 23:34 - ???: eu tava fld q tava triste pra ela 03/06/2020 23:34 - ???: ela me puxou e me beijou dms 03/06/2020 23:34 - ???: man... 03/06/2020 23:34 - ???: nada justifica isso 03/06/2020 23:34 - ???: mas 03/06/2020 23:34 - ???: vey 03/06/2020 23:35 - Teteu: tá suav mn 03/06/2020 23:35 - ???: se poe no meu lugar viado 03/06/2020 23:35 - Teteu: eu te perdoou 03/06/2020 23:35 - Teteu: pode até ser 03/06/2020 23:35 - Teteu: realmente q vc esqueceu 03/06/2020 23:35 - ???: man 03/06/2020 23:35 - Teteu: ou talvez fez mesmo sabendo q eu gostava dela 03/06/2020 23:35 - Teteu: mas eu n quero mais amizade mn 03/06/2020 23:35 - ???: pq eu vou querer fazer um bgl desse de proposito 03/06/2020 23:35 - Teteu: n da pra ter confiança depois disso manin 03/06/2020 23:35 - ???: ta certo matheus 👍👍 03/06/2020 23:35 - Teteu: to sendo 100% verdadeiro 03/06/2020 23:36 - ???: ja nao é manin 03/06/2020 23:36 - Teteu: te desejo tudo de bom 03/06/2020 23:36 -Teteu: porém n da pra ter amizade depois dessa 03/06/2020 23:36 - ???: quando as coisas melhorarem nao vem querer voltar a falar cmg 03/06/2020 23:36 - ???: da,mas se nao sabe 03/06/2020 23:36 - Teteu: cara eu só achei quebrado mn
Luba depois disso ele me bloqueou e postou nos status: Só pra avisar que não sou talarico de propósito, a não ser que você mereça.
E foi isso... obs( Os prints não carregavam e tive q exportar a conversa do whats ) Beijos luba, manda um abraço pro meu tio Marcelo, assisto seus vídeos com ele !
submitted by TeteuMendes to TurmaFeira [link] [comments]


2020.04.18 14:01 Feeling-Industry Ela me enganou?

Um pouco longo---

A namorada de um amigo de infancia me apresentou a prima dela em junho de 2019.
Se mostrou uma mulher maravilhosa, desprendida do mundo e quase independente de tudo e todos>>> me apaixonei no primeiro dia que saímos.
Até hoje sou 200% apaixonado por ela, romantico e faço tudo dentro do meu alcance.
Ela me pediu em namoro em outubro (o que me surpreendeu pq não achei que ela tava no mesmo ritmo que eu) e até então eu tava no país das maravilhas.
Ou seja, ficamos 2/3 meses antes de começar a namorar.

Acontece que um dia ela pegou meu celular e viu minha barra de notificações e perguntou se eu tinha mais de um instagram e eu disse que sim. Abri pra ela ver, pq era um fake meu que usava antigamente, ai ela foi fuçar e abriu as conversas.
Tinha conversa nesse meu fake com uma menina que conheço na vida real (a menina não sabia que era eu) no qual eu perguntava sobre como era o relacionamento dela que é polyamorous, pois não consigo entender como funciona um negócio desses, já que sempre namorei a 2.
Quando a minha mina viu isso, ela ficou puta. Achou que eu tava de caso ou querendo comer outra pessoa, que homem é tudo igual, dizia que achava um absurdo eu ser todo romantico de amores com ela e falar com outras meninas sobre sexo. Me expulsou da casa dela com todo ódio de hades.
Só que quando cheguei em casa, mandei um print pra ela dessa conversa, mostrando a data. Era de 2018. Beeeem antes dela surgir na minha vida. E ela ficou sem graça pra caralho... e depois ficou tudo bem.

Acontece que 2 semanas depois ela começou a reclamar de muita ardência pra fazer xixie a gente não conseguia transar por causa disso tb, ficava desconfortável pra ela, e ela foi até a ginecologista pedir exames e deu que ela estava com CLAMÍDIA.

Fui pesquisar sobre e o período de incubação da clamídia é de menos de um mês.
Eu sempre faço exame depois de ficar com uma garota e nunca tive NADA e fiquei preocupado de ter contraído de alguma forma e passado pra ela. Tanto que mandei mensagem pra menina que fiquei antes dela (começo de 2019) falando pra ela fazer exames (assim poderia saber se ela tb tinha).
Os meus exames deram negativo, mas tomei o remedio e o da menina também deram negativo...

Nisso fiquei extremamente pensativo: Será que a minha namorada ficou com outro cara nessa nossa fase de "ficada de 2/3 meses"? Eu perguntei pra ela se ela ficava com alguém enquanto saíamos e conversávamos e ela dizia que não, que não lembrava da ultima vez q saiu com um cara e até ficava brava por eu ter que perguntar isso... Mas cara... se a incubação da clamidia é tão curta e ela teve isso logo após começarmos a namorar ficou claro que ela ficou com alguém, certo?

O que me deixa mais chateado é ela ter ficado puta da vida com uma conversa que tive antes dela e ela achar que eu a traía enquanto ficávamos, mas omitiu/mentiu pra mim dizendo que não ficou com ng enquanto ficava comigo.

É isso... Fico em dúvidas se agora que namoramos a 6 meses vale a pena voltar nesse assunto.
submitted by Feeling-Industry to desabafos [link] [comments]


2020.02.21 01:58 moronin_tristonho A forma como eu agi com o menino q gosta de mim, foi babaca?

Bom dia meus queridos. A história é longa, desculpa.
Então, tem um menino da minha igreja q gosta de mim desde de 2017. Nós dois somos gays, mas já deixei claro para ele q eu não quero nada com ele. Por muitas vezes ele agiu de forma extremamente ciumenta comigo (em questão de amizade), deixando de falar comigo por vários dias, e uma dessas vezes, por mais de 2 meses. E sempre, eu saio como errado dessas situações. Várias vezes ele vinha se declarar para mim, e eu sempre tentava ser o mais sensível possível, pq sei q a forma como eu fosse falar afetaria ele. Ele já se declarou pra mim no mínimo umas 6 vezes. E como éramos """""melhores amigos""""" eu sempre contava dos meninos q eu gostava pra ele (e q por acaso, sempre foram héteros embustes) e ele sempre usava a carta de "oq o Carlos tem q eu não tenho?" (Nome meramente ilustrativo para não expôr ninguém) e eu sempre ficava sem saber oq dizer.
Ano passado (2019) eu resolvi começar a ser mais seco com ele, pq já estava de saco cheio. Ele sempre jogava uma carga emocional em mim, do tipo: - se vc sair da igreja eu vou ficar muito mal. Eu já me machuquei muito por sua causa, etc. E eu já estava cansado disso. Mais pro final do ano, ele me manda um link, e disse faz, perguntei oq era, e ele disse q era um crushometro (aqueles negócio q vc coloca o seu nome e o nome da pessoa q vc gosta, e calcula o quanto de amor da entre as pessoa selecionadas) ok fui fazer o teste, mas naquela época eu não gostava de ninguém, então resolvi colocar o nome de um menino q eu estive afim no ano de 2019 chamado Herick (nome pra no expor ninguém de novo) e cliquei em calcular. Na hora q eu cliquei e q página carregou estava escrita a seguinte mensagem: - vc CAIU na pegadinha, sua resposta será encaminhada para Letícia. Fiquei EXTREMAMENTE PUTO E IRRITADO com ele, pq já q ele me considera melhor amigo, pq não perguntou diretamente pra mim de qm eu gosto, ao invés de ficar usando de terceiros para descobrir, mas como ele é muito inteligente, foi mandado para uma amiga dele q fez esse teste com ele, e não diretamente pra ele, mas e claro q ele perguntou o meu resultado para a amiga, e agora sabe q eu "gosto" do Herick. Esse foi o estopim, a partir desse momento eu decidi ser seco com ele.
Como eu já sabia q ele sabia q eu "gostava" do Herick, fiz questão de dizer para uma amiga minha q estava BEM perto dele, q eu iria para um bloquinho de carnaval com o Herick no domingo, e falei alto, para q ele ouvisse, mais de uma vez. Depois desse ocorrido nos afastamos, não nos falávamos muito, e eu fazia questão de sentar longe dele. E foi assim até domingo, quando vi de relance q minha amiga estava falando com ele por zap, e vi q estava falando de mim. Ele disse q já estava cansado de eu deixar ele de lado (como se eu tivesse a obrigação de sentar todo santo domingo do lado dele) e fiquei esperando ele vim falar merda pra mim. Até q hoje, 20/02/2020, ele veio pedir para q eu vá para o acampamento q minha igreja faz todo ano no carnaval para os jovens. Eu disse q não, pq não queria, e pq não tinha dinheiro para pagar, pois esse ano meu pai conseguiu arrebentar a correia do carro, tenho q pagar a minha formatura, a camiseta do terceirão e o Enem, q para os alunos do terceiro tem q pagar 155 reais (se eu não estou enganado). Ele disse q dinheiro não é desculpa, e q já cansou de correr atrás de mim pq só se machuca fazendo isso. Eu disse q já deixei bem claro para ele, q eu não queria nada além da amizade, e pedi pra ele parar de ficar correndo atrás de mim. Disse q ele se prende numa falsa realidade onde ele tem um relacionamento comigo, e é por isso q ele vive se machucando, não seguindo a diante, insistindo em um relacionamento sem futuro e q NÃO EXISTE.
Fui babaca da forma como agi com ele?
submitted by moronin_tristonho to EuFuiOBabaca [link] [comments]


2020.02.01 05:26 SD_Miguel2000 Estraguei a vida de uma garota...

Por quase dois dois tive um relacionamento com uma garota,nos primeiros meses era ótimo nosso relacionamento,conversávamos sobre tudo. Mas eu não sei... de uns tempos depois vi que fomos se distanciando e tínhamos muitas brigas,e o amor que sentíamos lá no início foi virando algo possessivo,mais não sentíamos mais amor e sim apego(Na minha parte)... E infelizmente eu que estraguei nosso namoro...Eu não gostava que ela saísse com amigos dela,pq achava que ela ia se divertir mais com eles do que cmg(eu sei...é doentio,Mas era nosso primeiro namoro e eu tinha medo de perdê-la)...e com isso tínhamos várias brigas,até que chegou num ponto que ela só estava cmg a força sabe? Sentia que ela não queria mais,mas eu fui egoísta e insisti,até que em dezembro de 2019 terminamos,eu não aceitei muito bem o término,mas pelo que vi ela aceitou,pq depois de umas semanas ela estava namorando com um amigo dela,e eu não sabia disso,só fui saber depois de um tempo de término, e quando ela me falou ela me falou de um jeito que sla me machucou muito,e fiz uma merda que foi xingar ela de tudo quanto é coisa.... sei que fui imaturo e sei que não tínhamos mais nada,uma parte de mim tinha aceito e outra parte não. Eu ainda sonhava que íamos voltar kk,eu ainda amava aquela garota mas ela não sentia mais o mesmo por mim,eu fui trouxa,eu tinha tantas oportunidades de melhorar e consertar tudo enquanto ainda dava, mas não, eu deixei meu orgulho falar mais alto falando" tá tudo bem,não tem que mudar",mas eu tinha.... Aí depois daquela minha crise de ciúmes eu bloqueei ela,e ficou por assim por um tempo,até q eu não aguento e desbloqueio ela e mando mensagem(isso aconteceu várias vezes) até que ela me fala ela fez de tudo pra eu melhorar,pra eu me sentir bem,pra vivermos bem juntos,ela lutou por quase dois anos pra me ver bem,mas o trouxa aqui não mudava nunca.... ela sempre avisava que não sabia mais oq fazer pra me ver bem.... E eu não prestava atenção porque estava ocupado demais preocupado com meu orgulho....Eu me odeio muito,pq perdi uma garota que me amou de verdade e me apoiou em tudo,e perdi ela por um erro meu,que eu deveria ter mudado... as últimas palavras que ela me disse antes de me bloquear foi," não quero mais falar com você, não me mande mais mensagens,porque sempre q vc volta vc me dá um jeito de me magoar,você estragou minha vida"..... Eu só queria ter uma oportunidade de pedir perdão a ela...me arrependo tanto de muita coisa....quando ela precisou de ajuda ou precisou desabafar e escutar um "vai ficar tudo bem", eu não ajudei ela pq eu achava que meus problemas era maiores que o dela.... Eu sei que vão me achar um babaca eu sei,também acho que sou um babaca,mas.....fiz uma pessoa que me amou de verdade,me odiar pra sempre... fui um monstro pra ela,e se eu tivesse uma oportunidade de dizer que eu me arrependo pra ela,de me desculpar,eu ficaria feliz...Ou ao menos tiraria esse peso de mim,eu nunca irei me perdoar pelo oq fiz pra ela...por minha culpa ela se afastou de amigos e de familiares...ela estava infeliz e eu nunca prestei atenção nisso..... foi o pior primeiro namoro que nós pudemos ter...e preciso .melhorar muito,porque conheci outra garota e não quero magoar ela é estragar a vida dela,então vcs acham que devo seguir esse meu novo relacionamento ou não?
Ps:Eu sei que fui um babaca reconheço isso!
submitted by SD_Miguel2000 to desabafos [link] [comments]


2019.12.25 12:56 legendaryJuicyFruit Papa Francisco acaba de anunciar sua mensagem de natal para 2019.

Papa Francisco acaba de anunciar sua mensagem de natal para 2019, leiam e sintam a palavra de Deus tocar seu coração:
Parla 'Zeze, buongiorno, amico. Lascia che ti dica una cosa. Sto pensando qui, so che è difficile ottenere risorse, so che stai correndo dietro di esso, ma sto parlando da solo, non ho parlato con nessuno, dal team. Vedi se non riesci almeno a pagare quell'altro 60% prima della partita di giovedì, che non devi nemmeno avere, sai, per vincere la partita. È una motivazione in più per noi, uomo, stabilire lo stipendio proprio lì. Quindi non devi ottenere un premio per vincere la partita, perché il nostro obbligo è vincere questa partita. È pazzesco! Se non battiamo CSA, per l'amor di Dio. Bene, fai questo sforzo per noi, fino a giovedì, prova a raggiungere questo 60% che è dietro lo stipendio.
submitted by legendaryJuicyFruit to futebol [link] [comments]


Mensagem Dia internacional da Família 2019 Frases de amor carinho Mensagem de Amor a Distancia - Mensagens de Amor Videos de amor para WhatsApp/ poemas de amor 2019 frases de amor ¡¡Hermosas!! Imágenes Con Frases De Amor 2019 (VIDEO OFICIAL) FELIZ DIA DOS NAMORADOS 2019!MENSAGEM DE AMOR! Mensagem de Amor Roupa Nova - Mensagem de Amor  Lançamento 2019 Mensagem de Amor - YouTube

Mensagens de Amor - Mundo das Mensagens

  1. Mensagem Dia internacional da Família 2019 Frases de amor carinho
  2. Mensagem de Amor a Distancia - Mensagens de Amor
  3. Videos de amor para WhatsApp/ poemas de amor 2019 frases de amor
  4. ¡¡Hermosas!! Imágenes Con Frases De Amor 2019 (VIDEO OFICIAL)
  5. FELIZ DIA DOS NAMORADOS 2019!MENSAGEM DE AMOR!
  6. Mensagem de Amor
  7. Roupa Nova - Mensagem de Amor Lançamento 2019
  8. Mensagem de Amor - YouTube

Provided to YouTube by Sony Music Entertainment Mensagem de Amor · Roupa Nova As Novas do Roupa ℗ 2019 Sony Music Entertainment Brasil ltda. sob licença excl... Mensagem Aniversário Amor 12,584 views 1:37 Louvores De Adoração 2020 - As Melhores Músicas Gospel Mais Tocadas 2020 - musica gospel Música Gospel Brasileira 1,073 watching mensagem de boa noite! o amor de deus por nÓs É soberano!paz&luz! lindo vÍdeo de boa noite! - duration: 1:03. mensagens e receitas da vivi assis 344 views. new Mensagem Dia internacional da Família 2019 Frases de amor carinho ... O Valor de Uma Família - Mensagem - Duration: ... 5:03. Obrigada meu marido, meu amor - Duration: 1:02. frases de amor románticos, videos romativos, estados románticos para whatsapp, vídeos para whatsapp, vídeos, poemas de amor, cartas de amor para dedicar,dedicatoria de amor, didicatoria ... Published on Jul 21, 2019. Mensagem de Amor. Loading... Autoplay When autoplay is enabled, ... Mensagem de Amor Para Marido - Duration: 0:45. Apenas1 - Mensagens Com Carinho 591,669 views. Published on Mar 21, 2019. ... y para ayudarte, hoy te dejamos un listado de fotos, , postales e imágenes de amor bonitas con frases listas para dedicar. ... MENSAGEM DE AMOR, parceria de KIKO do Roupa Nova e Bruno Caliman integra o álbum digital AS NOVAS DO ROUPA, composto por 11 canções inéditas, lançado em 2019 pela ROUPA NOVA MUSIC sob ...